FAMOSOS

Viúva de MC Kevin mostra última foto que tirou com o funkeiro: "Saudade diária"

Cantor morreu ao cair do quinto andar de um prédio

Último registro de Deolane Bezerra e MC Kevin - Foto: Reprodução/ Instagram@dra.deolanebezerra
Último registro de Deolane Bezerra e MC Kevin - Foto: Reprodução/ Instagram@dra.deolanebezerra

Redação Publicado em 28/06/2021, às 11h27

Deolane Bezerra, viúva de MC Kevin, usou seu perfil no Instagram para compartilhar os últimos registros ao lado do cantor, antes de sua morte. Kevin morreu no dia 16 de maio, após cair do quinto andar de um hotel no Rio de Janeiro.

Nas imagens, Deolane aparece arrumada ao lado do cantor, e os dois dão as mãos em uma pose. A advogada não revelou o local onde o registro foi feito, e disse que sente falta de Kevin todos os dias: "Muita falta, muita mesmo. O peito chega a doer. Ele é a minha saudade diária".

Neste mês, Deolane falou sobre a perda do funkeiro um mês após sua morte e contou sobre sua origem humilde, em conversa no canal da youtuberLais Moreira

A advogada comentou como esteve lidando com a saudade de Kevin: "Tive uma vida de muita luta. De muitas lutas, de problemas superáveis. Nunca tive uma perda tão grande. A maior perda da minha vida foi o Kevin. Eu nunca senti isso (antes), mas sou uma mulher de fibra."

Ela também mencionou sua origem humilde e ainda desmentiu quem criticava o funkeiro por se casar com uma "patricinha": "Eu sou do Nordeste e vim para São Paulo com 9 anos, de ônibus. Ao contrário do que muitos falam, eu não nasci em berço de ouro. Muita gente falava "Ah, o Kevin não arrumou uma menina da favela, arrumou uma patricinha de berço de ouro'. Não. Minha vida sempre foi de muita luta."

Ela prosseguiu: "Com 16 anos peguei meu filho para mim, ele não é meu filho de sangue. Depois engravidei do Caique e, agora, tenho a Valentina, de 5 anos". 

Nesta madrugada, ela relembrou o primeiro mês sem o marido nas redes sociais. No Instagram, a advogada compartilhou fotos de seu casamento com o funkeiro, realizado em Cancún, no México, e disse, entre outras coisas que sofre com a “dor da saudade”.

Reprodução/Instagram@dra.deolanebezerra

 

Comentários