Música

Vanusa: 5 músicas para entender a carreira da cantora

Vanusa morreu neste domingo (08/11) aos 73 anos, vítima de parada respiratória

Vanusa morreu na madrugada deste domingo (08/11): cantora alcançou o sucesso nos anos 70 - Reprodução/Instagram
Vanusa morreu na madrugada deste domingo (08/11): cantora alcançou o sucesso nos anos 70 - Reprodução/Instagram

Redação Publicado em 08/11/2020, às 11h57

Vanusa morreu neste domingo (08/11), após uma parada respiratória na casa de repouso onde morava em Santos, litoral de São Paulo.

A morte da cantora veio depois de uma complicada internação, causada por uma forte pneumonia. Seu filho, Rafael Vanucci, foi o responsável por atualizar os fãs de Vanusa sobre seu estado de saúde através das redes sociais. Recentemente, ela recebeu alta do hospital e voltou para o instituto onde morava há alguns anos.

De acordo com a filha de Vanusa, Aretha Marcos -- em entrevista recente ao Domingo Espetacular, da RecordTV --, a cantora sofria do Mal de Alzheimer.

O CENAPOP presta homenagem a essa grande artista, listando 5 músicas para entender a carreira de Vanusa, uma das maiores cantoras da história do país.

 

1. Manhãs de setembro

Foi em seu quarto álbum que Vanusa encontrou o maior sucesso de sua carreira: Manhãs de Setembro é uma canção composta por ela e Mário Campanha, e que demonstrou o grande alcance vocal da cantora aliada a uma letra romântica que, nas entrelinhas, também pode ser lida como uma crítica à ditadura militar vigente na época. Grande preferida nos karaokês até os dias de hoje, foi com essa música que Vanusa se eternizou no imaginário popular.

2. Pra Nunca Mais Chorar

"Vem pra bem perto dos meus olhos / Vivo tristonha a te esperar / Viver pra sempre junto a ti / Pra nunca mais chorar". Esta é a primeira parte de "Pra Nunca Mais Chorar" , que também fez enorme sucesso em 1974 e é tocada até hoje em rádios de todo o Brasil. Com uma letra relativamente simples, a interpretação de Vanusa foi o grande diferencial, dando um toque de lirismo uma quase poesia triste.

 

3. Sonhos de Um Palhaço

Composta por Sérgio Sá e Antonio Marcos, ex-marido de Vanusa, "Sonhos de Um Palhaço" também virou um grande sucesso na voz da cantora, e acabou sendo um dos estopins para os problemas de memória que ela apresentou na fase final de sua vida: em uma apresentação em Manaus, ela errou a letra dessa música e, para compensar, cantou outra composição de Marcos, "Como Vai Você". A gafe aconteceu um ano depois do fatídico episódio do Hino Nacional, que marcou negativamente a carreira de Vanusa.

 

4. Paralelas

Composição de Belchior, "Paralelas" ganhou uma interpretação intimista e pessoal de Vanusa em 1975. Com uma letra cheia de poesia, a cantora conseguiu um dos seus maiores reconhecimentos na carreira, com alguns considerando sua interpretação como superior à original. Versos como "Eu queria ser a poesia / E você o papel / E deitar em suas linhas / As rimas de um amor fiel" ganharam novo significado na voz potente da intérprete.

 

5. Mudanças

Em 1979, Vanusa lançou um novo sucesso: "Mudanças" é uma canção escrita por ela e Sérgio Sá (o mesmo de "Sonhos de Um Palhaço) e que traz uma letra contundente, que também ganhou grande significado na voz da intérprete. 

 

Comentários