Cenapop
FAMOSOS

Sertaneja Paula Falcão lembra perrengue em desfile como modelo: “Jogaram caco de vidro e eu pisei”

Artista também já trabalhou como repórter e radialista

Paula Falcão contou que desistiu da moda após armadilha e roubo
Paula Falcão contou que desistiu da moda após armadilha e roubo - Foto: Reprodução/ Instagram@paulafalcaooficial

Redação Publicado em 10/05/2021, às 10h52

Ex-repórter, apresentadora e radialista, a cantora sertaneja Paula Falcão contou que sua carreira artística começou nas passarelas de moda. Ela ganhou seu primeiro concurso de beleza aos 16 anos, em Minas Gerais.

Ao lembrar sua trajetória como modelo, ela contou que foram pelo menos 12 títulos: “Nem eu acredito. Comecei na escola, que foi o primeiro concurso de Miss e fui ganhando”, disse ela, durante um bate-papo com a repórter Lisa Gomes.

Das várias etapas, Paula só não participou do Concurso Miss Brasil Oficial: “Eu queria, mas foi um sonho e eu entendi que não aconteceu. O Miss Brasil Oficial a gente precisa investir, é o concurso mais exigente, onde precisa gastar muito mais”, explicou.

Apesar de ser uma vencedora no mundo da modelagem, a cantora disse que nem tudo é um mar de rosas, e que os bastidores dos desfiles tem um “lado sombrio”. 

“Eu fiquei um pouquinho traumatizada com desfiles, trabalhando com moda. Porque uma vez fui fazer um trabalho e aconteceu algo muito ruim comigo, machuquei meu pé. Foi premeditado por alguém, eu tirei o sapato e colocaram um caco de vidro onde eu estava, cortei o pé, foi algo muito traumático. Pisei no caco de vidro, sangrei, tive que ir pro hospital, levei pontos e não entrei na passarela e não descobri quem foi”, contou ela, indignada.

A cantora ficou tão traumatizada, que um dos seus últimos trabalhos foi o estopim para deixar tudo pra trás:

“Ganhei 20 mil reais em dinheiro num concurso e fui roubada. Fiquei bem traumatizada, entreguei a Deus e sosseguei meu coração”, lamentou.

Uma das artistas do sertanejo em ascensão atualmente, Paula explicou que o segredo é cantar o que tem importância para ela: “Não gosto de cantar aquilo que não tem importância pra mim, preciso ter conexão com a música, preciso gostar do que estou cantando”, explicou.

Comentários