FAMOSOS

Isadora Cruz já trabalhou com diretora de fotografia morta em set de "Rust": "Senti muito"

Isadora Cruz revelou que esteve se dedicando ao cinema em Los Angeles

Atriz estará no elenco da nova novela Mar do Sertão, da TV Globo - Foto: Reprodução
Atriz estará no elenco da nova novela Mar do Sertão, da TV Globo - Foto: Reprodução

Redação Publicado em 18/05/2022, às 08h13

Isadora Cruz, de 24 anos, contou que chegou a protagonizar em filme que teve a diretora de fotografia, Halyna Hutchins, morta acidentalmente no set de Rust no ano passado. A atriz, que estará no elenco da novela Mar do Sertão, relatou que sentiu muito pela perda. 

Morando em Los Angeles há quatro anos, Isadora realizou o teste no ano passado para participar da produção da TV Globo. Vinicius Coimbra escolheu a atriz, que viverá a personagem Candoca:

"A trama é ambientada no sertão nordestino, não tem um lugar específico, se passa numa cidade fictícia chamada Canta Pedra. Na história, a minha personagem vai viver um triângulo amoroso com o Renato Góes, que vai vai fazer o meu segundo marido, e o Sérgio Guizé que vai ser o meu primeiro marido", disse à Quem. A artista paraibana se mudou com a família para Miami quando tinha 6 anos e depois foi para a França aos 16, onde estudou cinema, além de ter atuado em uma das mais famosas escolas de atores da Europa.

Cruz ainda trabalhou no filme O Chapeleiro Louco (2021), em que atuou ao lado da diretora de fotografia. Halyna foi vítima de um tiro acidental disparado por Alec Baldwin, no set de gravações de Rust: "Foi superlegal a filmagem, em uma mansão mal- assombrada. O filme contou com a Halyna Hutchins, que morreu naquela tragédia com o Alec Baldwin. Foi o último filme que ela terminou. Eu a conheci demais. Passamos 2 meses rodando a produção em Orlando, no interior da Flórida. Eu senti muito."

"A Halyna era superbem casada, ela contava muito sobre a história de amor dela com o marido, dizia que foi à primeira vista. Eles eram muito apaixonados, tinham um filhinho muito fofo", disse. A artista ainda relatou que pretendia se encontrar com Hutchins antes da morte da diretora. "Ela finalmente estava conseguindo fazer os trabalhos que merecia pelo talento dela. E quando soube da morte, não consegui acreditar, porque a gente tinha se falado duas semanas antes, eu falei que estava em LA e ela disse que estava em New Mexico e, quando voltasse para LA, a gente ia se encontrar."

Isadora completou: "E teve aquela tragédia. Fizemos várias homenagens para ela em LA, assinamos uma petição para banirem qualquer tipo de arma a alguns raios de distância. Foi bizarro o que aconteceu. LA parou, toda a classe parou. Foi muito chocante."

Comentários