Cenapop
FAMOSOS

Cunhada de Xuxa revela detalhes de ensaio para a Playboy: “Fotografei menstruada”

Regina Meneghel foi capa da revista em maio de 1989

Regina Meneghel revelou detalhes inéditos de ensaio para a Playboy
Regina Meneghel revelou detalhes inéditos de ensaio para a Playboy - Foto: Reprodução/ Instagram@reginaluz2021

Redação Publicado em 10/02/2021, às 06h29

Cunhada de Xuxa, Regina Meneghel contou detalhes inéditos de seu ensaio para a revista Playboy.

Capa da revista em maio de 1989, ela disse, entre outras coisas, que estava menstruada nos dois ensaios que fotografou para a revista.

“A capa foi feita por volta da 1h da manhã, em um estúdio, em São Paulo. Fiz três ensaios para a Playboy. Quando eu fui convidada, acharam que eu devia fotografar em estúdio, numa coisa glamurosa. O chefão [da editora] lá de São Paulo olhou… Foram três dias de fotos, todo mundo gostou. As fotos foram enviadas, e o diretor disse: ‘ela é selvagem, não adianta colocar essa menina enfiada em um estúdio. Quero ela ao ar livre’. O ensaio foi cancelado”, revelou ela, a Lucas Hit, do Clube da VIP.

“No final, o ensaio aconteceu nos Jardins, em São Paulo, em uma mansão. Foram mais dois dias de fotos. Aproveitamos o sol e colocamos os móveis para o lado de fora, deitada no sofá…”, lembrou.

“Fotografei menstruada”

Na entrevista, Regina contou que passou por um perrengue nas duas vezes que fotografou para a Playboy. 

“Eu menstruei nas duas vezes que fotografei para a Playboy. O ensaio enrolou tanto, que foi um mês de uma sessão de fotos para outra. E a revista estava para sair. Eu menstruei. Nunca tinha usado absorvente interno. A Dulce [que trabalhava na produção] disse: ‘agora você vai aprender’”, lembrou ela.

Apesar da “novidade”, Regina contou que não ficou incomodada: “Não atrapalhou em nada. Botei lá o negócio e disse ‘vamo embora, vamos fazer’”, continuou.

“Nome triplicou o cachê”

Na entrevista, Regina explica que não foi chamada para posar nua por ser cunhada de Xuxa Meneghel, mas admite que o nome a ajudou a faturar três vezes mais do que receberia.

Comentários