Cenapop
TV

Leticia Colin fala de novo filme sobre monogamia e sexualidade: "Precisamos criar imagens humanizadas do sexo"

Atriz também citou libido feminina ao falar sobre o novo filme, "A Porta ao Lado"

Leticia e Dan Ferreira vivem um casamento monogâmico, impactado pela chegada dos novos vizinhos
Leticia e Dan Ferreira vivem um casamento monogâmico, impactado pela chegada dos novos vizinhos - Foto: Divulgação / Desiree do Valle

Redação Publicado em 28/06/2021, às 09h24

A atriz Leticia Colin falou sobre o novo filme, "A Porta ao Lado", que destaca a monogamia e sexualidade, e comentou sobre libido feminina, em conversa com o jornal O Globo

Dirigido por Julia Rezende, o longa conta a história dos personagens de Leticia e do ator Dan Ferreira, que estão vivendo um casamento monogâmico e estável e acabam sendo impactados pela chegada dos novos vizinhos. O casal, vivido por Bárbara Paz e Tulio Starling, possui uma relação aberta e liberta.

O filme destaca os desejos, transformações, dúvidas e traições de cada personagem, que acaba reavaliando suas escolhas: "A gente lida mal com nossos desejos, somos muito reprimidos. Mas a forma de a gente se relacionar está mudando. A geração que está vindo é mais solta, livre, fluida. O mundo está passando por essa revolução e isso vai ter que ser falado, revisto", comentou a atriz.

Leticia também comenta que as personagens dialogam com os tempos atuais e com o ponto de vista feminino, que aborda assuntos e ajuda mulheres a sentirem-se representadas nas cenas de sexo do filme: "Muito do que vimos no cinema sobre sexo foi contado pelo pornô supermachista, que não está ligado à erotização nem à sensualidade. Não me reconheço nem me conecto ali, não mexe com a minha libido. Precisamos criar uma videoteca com imagens mais humanizadas, amorosas e femininas no sentido da potência que é o sexo."

"E isso não tem nada a ver com sentimentalismo. Já vimos muito o corpo da mulher ser explorado gratuitamente", diz. Além disso, Leticia ainda protagoniza uma cena de masturbação feminina, que pode ser vista poucas vezes no cinema brasileiro.

Recentemente, ela compartilhou algumas fotos que tirou ao lado do filho, Uri, de 1 ano e 7 meses. Nos cliques, ela e o pequeno aparecem todos sujos de tinta. Na legenda, ela escreveu: "Seguimos nas tintas, obrigada. Te amus, meus mininu".

Comentários