Cenapop
FAMOSOS

Taís Araújo reflete sobre privacidade dos filhos e afirma: "Eles têm o poder de escolha"

Atriz também comentou sobre críticas que recebe por preferir preservar a imagem das crianças

Taís já foi alvo de diversas fofocas e teve a vida expostas várias vezes
Taís já foi alvo de diversas fofocas e teve a vida expostas várias vezes - Reprodução/Instagram

Redação Publicado em 09/04/2021, às 09h48

A atriz Taís Araújo fez uma reflexão sobre a privacidade dos filhos e ainda comentou sobre críticas que recebe por preferir preservar a imagem das crianças, em conversa durante o podcast da Marie Claire, 'Escuta, Maria Claira'

Esposa do também ator Lázaro Ramos, Taís já foi alvo de diversas fofocas e teve a vida expostas várias vezes, e diz que o que acontece do portão de sua cara para dentro será mantido em privacidade. A decisão também vale para seus filhos, João Vicente (9) e Maria Aontonia (6).

"Sou uma pessoa pública casada com outra pessoa pública. Na minha vida alguma coisa tem que ser privada. Eu sou uma pessoa verdadeira. Na internet, assim como todo mundo, eu coloco só o que quero colocar. Decidi não mostrar minha intimidade nas redes sociais. Tem gente que acha que o Lázaro é casado com a Camila Pitanga."

"Minha escolha é que minha intimidade não apareça, meus filhos não apareçam, minha casa não apareça", aponta. A atriz falou sobre as críticas que acaba recebendo ao preferir preservar a imagem dos filhos. "Perguntam 'por que você não mostra seus filhos? Você se acha melhor que a fulana?' Eu escolhi ser uma pessoa pública, o Lázaro também. Os meus filhos têm que ter o poder de escolha."

"O dia que eles falarem que querem aparecer, tudo bem. Me sinto, enquanto mãe, obrigada a protegê-los". A psicanalista Maria Homem, convidada do podcast e autora de diversos livros, conta que a fofoca possui uma função evolutiva: "Para sobrevivermos na selva que a gente vive, a gente precisa saber do outro e o que está acontecendo". Ela ainda diz que as pessoas, em muitos casos, acabam projetando em outras algo que não consegue lidar em si, fofocando com críticas, causando mal ao outro.

Ela continuou: "O que você não consegue lidar dentro de você e reconhecer em você, você 'precisa' apontar no outro, como se fosse uma operação superegóica. Você fica o juizo moral do planeta". A atriz ainda admite odiar e amar fofoca ao mesmo tempo. "Mas uma coisa é fofoca, outra coisa é maldade. Tinha uma época que as revistas de fofoca imperavam, traziam a 'verdade absouta'."

"Agradeço muito a internet, porque tem várias coisas ruins, mas muitas coisas boas, uma delas é controlar a narrativa das nossas vidas. Já passei por muitas fases de fofocas na mídia. Hoje em dia, pouquíssimas vezes sou alvo", completou Taís. 

No último mês, deixou os seguidores alvoroçados ao publicar uma foto em seu Instagram, em que aparece de maiô empinando o bumbum enquanto tomava sol.

Comentários