FAMOSOS

Pedro Bial sobre entrevista histórica de Eduardo Leite, governador do RS: "Falou de forma nobre e limpa"

Eduardo falou, ao programa, abertamente pela primeira vez sobre ser homossexual

Pedro revelou ter se sentido honrado pela confiança do governador - Reprodução/TV Globo
Pedro revelou ter se sentido honrado pela confiança do governador - Reprodução/TV Globo

Redação Publicado em 02/07/2021, às 10h20

Após Eduardo Leite, governador do Rio Grande do Sul, assumir sua orientação sexual durante entrevista ao programa de Pedro Bial, o apresentador falou sobre a conversa histórica que teve com Eduardo, afirmando estar muito honrado com o momento. 

Segundo a coluna de Patrícia Kogut, Bial disse sentir admiração pela coragem do governador: "Os créditos são todos dele. Pela sua decisão de encaminhá-la de maneira tão nobre, tão limpa. Sem dúvida, primeiro me senti muito honrado e reconhecido. Esse ano faz 40 anos que estou na Globo, no jornalismo, e tudo o que eu construí esse tempo todo, acredito, faz justificar a confiança dele de me escolher para fazer esse pronunciamento, conversar comigo e abrir esse jogo."

Ele prosseguiu: "Então me senti honrado de ser merecedor dessa confiança. E o tempo todo enquanto eu estava me preparando e durante a conversa, eu tinha plena consciência do caráter histórico daquele momento. Então estava realmente emocionado, comovido e é um daqueles momentos em que a nossa profissão faz mais sentido e espero que isso seja uma boa lufada de ar fresco."

"De renovação da atmosfera do debate público brasileiro, que a gente saia de uma dicotomia obtusa e que se pense da única maneira que se pode pensar: livre pensar é só pensar, como dizia Millôr Fernandes", completou o apresentador. 

Pré-candidato à presidência do Brasil pelo PSDB, Eduardo decidiu dar um fim a diversos boatos maldosos que têm circulado pela internet, assumindo sua orientação sexual: "Agora, como a minha participação nessa política nacional, nesse debate nacional começa a despertar talvez maiores ataques por conta de adversários, alguns vêm com piadas, ilações, como se eu tivesse algo a esconder. Pois bem, que fique claro, não tenho nada a esconder."

"Tenho orgulho dessa integridade de poder aqui dizer também sobre a minha orientação sexual, quem eu sou, embora devêssemos viver num país em que isso fosse uma não-questão, mas, se é, está aqui claro", disse ele, durante o "Conversa com Bial", exibido nesta quinta-feira (01).

Comentários