FAMOSOS

Patrícia Marx decide vender primeiro disco da carreira: "Não tenho espaço para guardar"

Cantora estava se desfazendo de objetos pessoais, incluindo seu primeiro vinil

Primeiro vinil de sua carreira solo foi lançado em 1987, com hits como 'Festa do Amor' e 'To Be or Not To Be' - Reprodução/Instagram
Primeiro vinil de sua carreira solo foi lançado em 1987, com hits como 'Festa do Amor' e 'To Be or Not To Be' - Reprodução/Instagram

Redação Publicado em 08/04/2021, às 08h53

A cantora Patrícia Marx surpreendeu os internautas ao decidir se desfazer de alguns objetos pessoais, como seu primeiro vinil, que foi gravado no início de sua carreira, em 1987, que conta com hits como 'Festa do Amor' e 'To Be or Not To Be'.

Na postagem em seu Instagram, Patrícia publicou fotos de seu disco e escreveu: "Tenho 5 vinis desse em casa e estou vendendo. R$150 + frete. Pagto em pix, interessados inbox."

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Marx (@patriciamarxoficial)

 

Os seguidores, em sua maioria, deixaram diversos comentários elogiando o vinil da cantora, bem como também revelaram ainda ostentarem o disco. Já alguns, pareceram surpresos com a atitude de Patrícia.

"É a sua história. Por que vende? Não entendo", indagou um internauta. "Porque não tenho mais espaço para guardar", respondeu a cantora. 

Em entrevista recente à revista Quem, ela relembrou sobre a descoberta de sua sexualidade. Em junho de 2020, Patrícia decidiu se assumir lésbica e dividiu sua orientação sexual com o público:

"Lutava contra mim, me agredia, não gostava de mim mesma, achava que era errado e feio. Eu vivi essa coisa esquisita de me reprimir. Me sentia incompleta e com um vazio mesmo tendo uma carreira, um filho e uma casa", contou ela na ocasião.

Comentários