FAMOSOS

Kelly Key fala sobre o filho, Jaime Vitor: "Não sou ciumenta, mas sou muito atenta"

Kelly diz conversar sobre assuntos com os filhos sem tabus

Cantora incentiva o sonho artístico de Jaime, com cuidados - Reprodução/Instagram/@kellykey/Lúcio Luna
Cantora incentiva o sonho artístico de Jaime, com cuidados - Reprodução/Instagram/@kellykey/Lúcio Luna

Redação Publicado em 01/09/2021, às 08h12

Kelly Key falou sobre o filho, Jaime Vitor, de 16 anos, e contou sobre o interesse do adolescente pelo mundo virtual, revelando que costuma conversar sobre assuntos sem tabus com os filhos. 

Além de Jaime, a cantora também é mãe de Suzanna Freitas, de 20 anos. Recentemente, Jaime realizou seu primeiro ensaio fotográfico. Kelly contou sobre o jovem: "O Vitor desde pequeno sempre foi ligado ao esporte. Ele juta Jiu-Jitsu, surfa. Ele era o menino que fugia da câmera. Com as Olimpíadas, ele vendo os atletas, ficou todo empolgado e decidimos produzir essas fotos. Acho ele muito lindo."

Ela prosseguiu: "Não só como mãe, sei que é uma beleza que extravasa, que vai além da aparência. Ele gosta muito de games. Pode ser que ele se destaque neste universo ou leve como hobby mesmo o lado influenciador". A cantora foi questionada sobre ser mãe ciumenta e negou, afirmando ser mais atenta. "Pode parecer que pego muito no pé. Mas eu pontuo muito, seja em relação às mulheres, aos amigos. É ótimo esse diálogo porque exponho as minhas opiniões e ouço as deles também."

"Aqui em casa, nada nunca foi tabu. Falamos sobre sexo, drogas e tudo. Indico muito para os pais a série Sex Education, porque nós vamos vendo as questões juntos e debatendo. Demos muitas risadas, mas tem muitos assuntos sérios também", explicou Kelly, que incentiva o sonho do meio artístico de Jaime, com cuidados. "Ele tem 16 anos ainda. Está na fase de descoberta. Sou muito rigorosa em relação à liberdade. E sempre falo com ele: 'Não banalizem a profissão que me deu tudo que conquistei'."

A cantora completou: "É uma profissão que lida muito com seu psicológico, tem que ouvir crítica, saber lidar com comentários maldosos e o assédio. Nesse ponto, tento o proteger o máximo possível e falar a real, para ele saber como lidar com essas situações."

Comentários