FAMOSOS

Eliana diz que deixou o marido “livre para ir embora” após aborto

Apresentadora sofreu um aborto natural poucos meses antes de engravidar da filha caçula

Eliana contou que aborto mexeu com emocional do casal
Eliana contou que aborto mexeu com emocional do casal - Foto: Reprodução/ Instagram

Redação Publicado em 15/10/2020, às 13h57

Eliana revelou detalhes de uma conversa tensa que teve com o marido, o diretor Adriano Ricco, após sofrer um aborto natural alguns meses antes de engravidar de sua filha caçula, Manuela, de 3 anos.

Durante uma conversa com Thais Fersoza no YouTube, a apresentadora – que também é mãe de Arthur, de 9 anos, fruto da relação com João Marcelo Bôscoli – disse que deixou o “caminho aberto” para Adriano procurar “outra maneira” para ser pai.

“Eu tive um aborto, eu perdi, antes da Manu, e eu achei que eu não ia engravidar mais. Até falei para o Adriano na época: ‘Olha, eu já tenho quarenta e poucos anos e eu acho que, numa boa, se você quer ser pai, eu diria para você buscar outro caminho, por mais que a gente se ame, tudo e tal... Porque eu acho que não vai rolar’”, disse ela.

Após a sugestão de Eliana, o diretor de TV teve uma reação que fortaleceu o casamento dos dois: “Na época, eu ouvi uma coisa tão bacana dele que me motivou a permanecer na relação com mais amor ainda, que foi quando ele disse que, independentemente de eu poder ou não ter filho, ele me amava e queria seguir comigo. Aquilo me motivou mesmo. Foi muito forte para mim”, revelou.

A mulher de Michel Teló elogiou Eliana, que continuou a conversa dizendo que a perda do bebê mexeu bastante com o emocional do casal.

“Mesmo amando, deixar ir às vezes é importante. Naquele momento foi uma decisão difícil para mim, mas: ‘Se for melhor para você, vai’. E aí ele resolveu ficar, e a gente ficou bem, feliz etc. Porque acho que, quando você passa por uma perda dessas, ela mexe muito com o emocional do casal. É muito difícil, não é fácil”, completou.

Comentários