FAMOSOS

Bruno de Luca relembra época da primeira "Malhação": "Agradeço demais"

Ator falou sobre as recordações da época em que gravou a primeira temporada da novela

Bruno também comentou sobre o desejo de se casar - Reprodução/Instagram/@brunodeluca/Gshow
Bruno também comentou sobre o desejo de se casar - Reprodução/Instagram/@brunodeluca/Gshow

Redação Publicado em 14/07/2021, às 07h48

O ator Bruno de Luca relembrou, durante entrevista ao jornal Extra, sobre a época da primeira temporada de "Malhação" de 1995, que participou entre os 12 e 17 anos na novela. 

Bruno, que deu vida ao personagem Fabinho, recorda sua adolescência, contando que sua mãe costumava registrar tudo: "Fiquei em êxtase! Eu tinha algumas fotos, que a minha mãe tirava apesar de eu achar um saco na época. Hoje, agradeço demais, porque, se não fosse ela, eu não teria nenhuma recordação. Eu tinha as cenas gravadas em fita, só que mofou tudo."

"Estou muito feliz com a reprise porque é o único jeito de mostrar para os meus futuros filhos que isso aconteceu de verdade na minha vida", contou. O ator ainda afirma que mantém contato com os colegas de elenco até hoje: "Eu era o mais sociável de “Malhação”, amigo de todos. Estou sempre mandando mensagem para a galera. Quando vejo alguma cena antiga, fico emocionado, mais do que todo mundo. Dá até raiva. Quem tem mais saudade, mesmo, sou eu."

"Assistir à primeira Malhação, de 1995, agora é legal pra vermos como que a sociedade evoluiu. Fazíamos piadas e falávamos coisas que hoje em dia são totalmente abomináveis. Acho legal como um estudo antropológico. O Mocotó falava, por exemplo: ‘Isso é coisa de frutinha’. Imagina! Ninguém fala mais isso. Tem uma cena em que fui expulso do colégio porque levantei a saia da professora. Meu personagem fala: ‘Mas quem mandou ela ir de saia curta pra ficar me provocando?’. Fabinho era um machista em formação. É incrível analisar como mudamos positivamente", disse.

Ele diz ser agradecido por poder trabalhar com o que ama: "Se fosse para crescer no meio em que eu vivia, morador da Barra, estudando em colégio de padre, eu teria uma cabeça totalmente diferente da que eu tenho hoje. Minha criação na TV lidando com pessoas com diferentes orientações sexuais, cores, gêneros e idades me fez ser uma criança sem preconceito. Foi determinante para ser quem sou". Bruno também revela dividir sua agenda de trabalho, além de gravações de live para o Instagram com os futuros planos com a noiva, Sthéfany Vidal:

"Sempre quis casar, mas, de uns anos para cá, senti que não ia mais. Aí conheci Sthéfany, e sabe quando você bota todos os quesitos e fala: “Achei a pessoa ideal para a minha vida”? Dei graças a Deus!", afirmou ele, que está há um ano e meio com a noiva. 

Recentemente, Bruno recebeu uma homenagem da atriz Fernanda Rodrigues, em seu aniversário, nas redes sociais. Ela mantém uma amizade com o apresentador e ator desde a época em que os dois trabalharam na primeira temporada da novela.

Comentários