Cenapop
FAMOSOS

Atriz pornô premiada desabafa sobre censura seletiva ao perder seu 18º perfil no Instagram

Elisa Sanches tem sido alvo de denúncias e perseguições na rede social

Atriz se manifestou e garantiu que sempre seguiu as regras e diretrizes do Instagram
Atriz se manifestou e garantiu que sempre seguiu as regras e diretrizes do Instagram - Foto/Reprodução

Redação Publicado em 26/05/2021, às 10h00

Elisa Sanches, atriz pornô premiada, resolveu fazer um desabafo e se manifestou ao falar sobre ter tido seu perfil do Instagram removido pela 18ª vez, falando sobre censura seletiva. 

A atriz, que tem sido alvo de denúncias e perseguições no Instagra, ativou recentemente seu 19º perfil. Além disso, os perfis anteriores foram desativados sem qualquer aviso prévio. Ela então contou que sempre seguiu todas as regras e diretrizes da rede social:

"Já estou cansada de acordar e ver meu perfil desativado, já perdi 18 perfis em praticamente 2 anos. Pensei em desistir, claro, porque para mim é perseguição e isso é injusto."

Muita gente acha que não, mas ainda existe preconceito, ainda existe hipocrisia. Muitas pessoas denunciam por nada, por pura maldade", lamentou ela. "O Instagram não se pronuncia, acho que é uma censura em relação ao pornô."

Elisa, que costuma publicar fotos e vídeos sensuais, afirmou que nunca publicou fotos nuas ou conteúdos que fossem proibídos no Instagram, dizendo também que mesmo possuindo o selo de verificação, ela perdeu seu perfil alguns dias depois: "Parece que existe um boicote quando alguém se apresenta ou se posiciona como atriz pornô. Não é porque trabalho com isso que posto fotos nuas ou coisas do tipo. Para mim, falta respeito e noção."

Contando com mais de 260 mil seguidores e quase 50 publicaçoes em seu novo perfil, Elisa voltou a interagir com seus seguidores e bloqueou qualquer perfil fake para evitar outras denúncias: "Pensei em sair das redes sociais sim, fiquei cansada. Mas agora nada vai me parar. Estou retornando ao Instagram e não vou ficar longe dos meus seguidores. Tudo isso virou combustível para seguir em frente", completou. 

Comentários