FAMOSOS

Alice Braga revela que quantidade de seguidores influencia em testes de elenco: "Um absurdo"

Alice Braga diz que produtoras estão pedindo informações sobre redes sociais de artistas

Atriz desaprovou decisão de produtoras para poder avaliar os candidatos de elenco - Reprodução / Instagram @alicebraga
Atriz desaprovou decisão de produtoras para poder avaliar os candidatos de elenco - Reprodução / Instagram @alicebraga

Redação Publicado em 27/12/2021, às 11h04

Alice Braga, 38 anos, contou sobre a decisão que as produtoras estão tomando para poder escolher elenco final em produções nacionais e internacionais, desaprovando a diretriz em testes de elenco. 

Em conversa com o podcast Trip FM, Alice afirma que as produtoras estão pedindo informações sobre redes sociais de artistas, influenciando na decisão da escolha: "Na minha geração, existe essa demanda da mídia social. De você ter que ter um Instagram, seguidores. Inclusive, é um problema isso para vários atores porque começaram a pedir número de seguidores para fazer um teste."

A atriz refletiu: "Isso é um absurdo, não deveria ser medida para fazer qualquer coisa. Como a gente vai empregar atores incríveis e desconhecidos? É inacreditável, mas é o mundo que a gente vive. Existe essa demanda do imediatismo, das pessoas quererem saber sobre a vida pessoal. Quase vira uma função do ator também, ficar dando mais informação ao público, independente de você falar sobre um filme ou não". Braga, que possui 850 mil seguidores em seu Instagram, garante que deseja melhorar seu relacionamento com a tecnologia.

"Não tenho nenhum preconceito e julgamento de quem faz, porque é natural. E faz bem. Eu acompanho atores que são amigos meus, que postam no Instagram, eles mantêm uma relação com os fãs muito legal. Mas eu não tenho isso em mim, eu sou muito hippie. Essa coisa da tecnologia, de tweetar, eu esqueço. É um jeito meu. Eu tenho vontade de botar um pouco mais de gerar comunicação com os fãs, mas como isso não é natural meu, não quero que seja uma coisa falsa", diz. Reservada e muito tímida, ela conta que possuia um lado que ativava para se comunicar com outras pessoas:

"Ao passo trabalhando mais, ganhando mais conhecimento. Tive um caminho inverso. Natural, com minha personalidade, de proteger os personagens. Senti que quanto menos a gente sabe sobre a vida pessoal do ator, mais você acredita em um filme, naquele universo. Mais você compra aquela pessoa (o personagem)", completou Alice.

Comentários