Cenapop
FAMOSOS

Youtuber Gustavo Rocha comenta sobre assumir homossexualidade: "Não há problema em você ser quem realmente é"

Influenciadora falou que esperou para se assumir gay

Gustavo diz que quer influenciar as pessoas para o bem e que possam naturalizar sua sexualidade
Gustavo diz que quer influenciar as pessoas para o bem e que possam naturalizar sua sexualidade - Reprodução/Instagram

Redação Publicado em 19/01/2021, às 08h56

O youtuber e influenciadora Gustavo Rocha, 23, decidiu revelar ser homossexual no ano passado e causou alvoroço entre os internautas, deixando seu nome entre os mais comentados durante semanas nas redes sociais. Gustavo é veterano na internet. 

Há seis anos Gustavo publica vídeos ao lado do irmão gêmeo, Túlio, ficando conhecidos pelo canal 'Irmãos Rocha'. Gustavo, sozinho, soma 7,3 milhões de seguidores no Instagram e tem mais de 800 mil inscritos na plataforma de vídeos. Em entrevista à Revista Quem, Gustavo deu detalhes sobre como foi ter se assumido abertamente. 

"Estava me estruturando psicologicamente para falar sobre o assunto porque já desconfiava dos tipos de comentários que poderia receber. Recebia mensagens todos os dias de questionamento sobre isso. Preferi ficar quieto para que eu esperasse o momento certo para falar publicamente. Quero influenciar as pessoas para o bem, quero que as pessoas naturalizem, que as pessoas olhem e falem: "Mãe, pai, irmão, vejam esse vídeo que esse menino postou"".

"Quero que as pessoas entendam que não há nenhum problema em você ser quem você realmente é. Quero que elas se inspirem nisso. Inclusive, já recebi vários relatos de pessoas que conseguiram assumir para os pais e para a família depois do meu vídeo". Gustavo menciona que o processo foi muito importante para ele: "Demorei um tempo para conseguir colocar esse vídeo em prática. Mas depois foi muito legal porque foi um processo que respeitei para chegar no momento certo e falar publicamente".

Gustavo continuou: "No dia da gravação, fiquei nervoso porque falar sobre sua vida pessoal publicamente é sempre delicado". Ele ainda contou como reagiu ao ver a reação do público em relação ao ter se assumido: "Muita gente me apoiou, falaram coisas lindas, recebi muitas mensagens legais, recebi histórias no e-mail, li várias coisas e pensei até em gravar um vídeo sobre isso".

"As pessoas dando a mão uma para as outras, contando suas experiências. Mas, claro, infelizmente também recebi muitas mensagens ruins e preconceituosas. Muita gente me xingando, desejando meu mal". O youtuber falou sobre como seus pais lidaram com a informação ter se tornado pública: "Não cheguei a comentar com o meu pai que eu iria fazer esse vídeo, porque não tenho tanto contato assim com ele. Cheguei a comentar com a minha mãe, e ela super me apoiou, ela falou “Filho, você quer que eu esteja lá para segurar sua mão?”. Ela ficou muito feliz".

"No entanto, antes, no início, para a minha mãe foi um processo complicado e cheguei a falar isso no vídeo. Minha mãe tinha uma outra cabeça, veio de uma outra estrutura familiar. Então, houve muito diálogo com ela durante anos da minha vida para que ela começasse a entender mais sobre mim e o filho dela. Ter o apoio dela falando “Gustavo, eu estou com você", é muito importante e carinhoso. Ela postou uma foto no instagram dela e disse: “Agora nós vamos respirar juntos”. E essa ação, pra mim, foi o céu". 

O influenciador disse que namorar escondido tem seu lado interessante por conta da privacidade, mas que se priva de viver diversas coisas: "Então, a partir de agora quero poder contar para as pessoas se estiver me relacionando, abertamente, e mostrar um pouco mais da minha vida pessoal amorosa, que ainda não mostrei. Não teria dificuldade em fazer isso, só gosto de colocar uma linha do limite assim, de privacidade".

"Gosto de ter minha vida pessoal meio privada, sempre tento colocar uma parede falando “Opa, daqui já é muito o meu lado pessoal, não quero contar sobre isso” mas, ainda assim não vejo problema nenhum em assumir o próximo relacionamento". Ele ainda falou como quer que o vídeo ajude outras pessoas: "Quero que o vídeo atinja mais pessoas e ajude a naturalizar cada vez mais este assunto. Quero que as pessoas sejam tocadas e reflitam sobre as dores. Eu fico muito grato de poder ajudar pessoas com a minha voz". 

Comentários