FAMOSOS

Tallulah Willis, filha de Bruce Willis e Demi Moore, acusa mulher de sociopata ao relatar anos de abuso

Tallulah comentou nas redes sociais sobre os abusos sofridos durante anos

Mulher próxima à sua família foi acusada de abuso e classificada como sociopate - Reprodução/Instagram
Mulher próxima à sua família foi acusada de abuso e classificada como sociopate - Reprodução/Instagram

Redação Publicado em 01/03/2021, às 10h11

Filha dos atores Bruce Willis e Demi Moore, Tallulah Willis, revelou ter sofrido abusos durante dois anos por uma mulher próxima à sua família, em seu Instagram. 

Tallulah comentou, em seus stories já apagados, sobre suas experiências traumáticas, que foram vivenciadas por ela quando tinha entre 18 e 20 anos. A afirmação foi noticiada pelos jornais Daily Mail e The Sun.

A caçula dos atores afirmou que foi convencida pela mulher a ir morar com ela e, mesmo não tendo ocorrido nenhum contato físico, ela comento que foi forçada a trocar de número de telefone e email para se afastar de familiares e amigos, enquanto estavam vivendo juntas.

"Eu tenho lutado para ser o mais aberta possível e quase sempre encontro carinho para as minhas vulnerabilidades. Com os dedos nervosos estou pronta para compartilhar um período da minha vida que havia optado por não compartilhar com o mundo. Demorou muito tempo até que me curasse e apesar da minha honestidade aos 27 anos, as feridas ainda estão cicatrizando".

Ela continuou: "Luto todos os dias para me recuperar desses dois anos que ficaram para trás. Ainda não estou pronta para relatar tudo, mas venham comigo. Havia uma pessoa na minha vida, alguém a quem fui apresentada desde meus primeiros anos na escola, alguém que me disseram que estava lá para me dar segurança".

"Aos 18 eu adiei a minha entrada na Universidade de Boston. Foi quando essa pessoa, que hoje vejo como uma sociopata, me levou para morar com ela. Sem protesto (eu não sabia que podia escolher), eu fui. Ela mudou meu telefone, o meu email era direcionado para o email dela e eu perdi acesso. Fiquei presa em uma casa de horrores e ninguém se importou, ninguém veio atrás de mim".

"Eu nunca fui tocada fisicamente, mas fui abusada emocionalmente e psicologicamente sem piedade. Por dois anos eu vivi com um medo constante no meu estômago até hoje presente na minha memória. Algo ainda muito presente na minha garganta mesmo muito depois de conseguir escapar da minha abusadora".

Tallulah também disse que a situação ainda a assombra que alguém pudesse ter feito isso com uma criança que já vivia com muito sofrimento e que só queria amor, segurança e um espaço para a cura. "A minha saúde mental foi manipulada e usada para ter acesso ao meu cartão de crédito sem limites". Ela comentou como decidiu contar sua história após ter encontrado uma bolsa de luxo, que ganhou de presente pela mulher, mas que foi comprada com o cartão de crédito do pai.

"Emoções conflitantes emergiram quando recebi esse presente extravagante”, lembrou Tallulah. “Estou seguindo adiante e encaixotando alguns itens que quero manter por perto ou me distanciar. Acredito com todo o coração que alguns objetos podem manifestar e manter certas energias, principalmente energias negativas. Essa bolsa representa sofrimento, uma história que não desejo para ninguém". 

Tallulah ainda adicionou um link para um site em que colocou a bolsa à venda. "Não usei essa bolsa em nove anos e está na hora de alguém poder tê-la, atribuindo amor a algo que foi tão sombrio para mim e não pretendo revisitar". Essa não foi a primeira vez que ela chegiu a comentar sobre questões pessoais nas redes sociais, revelando que já pensou em suicídio, além de ter sofrido com distúrbios alimentares durante a adolescência e que quase morreu de intoxicação alcoólica aos 15 anos.

Bruce e Demi também são pais de Rumer (32) e Scout (29), além de Tallulah, Ele ainda tem mais duas filhas novas de seu casamento atual com a modelo Emma Heming

Comentários