Cenapop
FAMOSOS

Suzana Alves revela: "Eu desisti de ser a Tiazinha porque eu não sabia quem eu era"

Atriz e empresária diz que não se arrepende da decisão

Suzana Alves foi a Tiazinha no Programa H
Suzana Alves foi a Tiazinha no Programa H - Reprodução/Instagram@suzanaalvesoficial

Redação Publicado em 21/04/2021, às 07h59

Suzana Alves usou seu perfil no Instagram para responder algumas perguntas feitas por seus fãs, que quiseram saber sobre sua carreira como Tiazinha, a personagem inspirada na Mulher-Gato que fazia sucesso no Programa H, comandado por Luciano Huck.

Uma de suas seguidoras perguntou como Suzana conseguiu deixar o personagem de lado. Ela respondeu: "Essa resposta, eu vou ter que escrever na minha biografia porque ela é muito extensa. Eu consegui graças a Deus, a vida com Deus me levou a uma profundidade mesmo sem saber que era Ele porque eu ainda não tinha experimentado uma vida com Ele. Eu só queria me libertar e buscar a minha própria identidade".

Ela continua: "Essa transição não foi nada fácil. Foi algo que até hoje eu trabalho. Mas não é só a transição da Tiazinha, é da vida, das curas de antes da Tiazinha. Eu tive uma vida antes e ser reconhecida hoje como Suzana e como eu sou e não com uma máscara da personagem é muito lindo e gratificante saber que toda a dor, tudo passou. É uma maravilha".

Suzana afirma que aceitou o trabalho por causa do dinheiro: ""Eu não tive motivação nenhuma. Eu simplesmente fui fazer. Era só um programa piloto para ganhar dinheiro para ajudar a pagar a minha faculdade. Só isso. Não teve motivação, pelo contrário, eu tinha muito medo de meu pai me vê e me expulsar de casa. Então, não tive motivação não. Só tive uma oportunidade que eu neguei três vezes até conversar coma minha mãe e até eu ter a ideia de colocara máscara para me proteger e meu pai nem sonhar em me ver".

Sobre ter desistido do papel, ela diz: "Eu desisti de ser a Tiazinha porque eu não sabia quem eu era. Eu quis buscar a minha identidade. Eu fiz sucesso muito cedo e a personagem estava ficando maior que eu. A Suzana não tinha vida. Eu queria estudar e terminar aminha faculdade de jornalismo que estava trancada por conta do sucesso. Queria ter uma vida anônima de novo, sair, viajar, ter uma família de verdade".

Ela finaliza dizendo que não se arrepende da decisão: "Não me arrependo de ter feito a Tiazinha por que tudo o que eu amadureci cedo, por isso falar que hoje eu tenho 42 anos e vivo muito bem comigo mesma. O arrependimento é algo necessário na vida da gente, a gente amadurece".

Comentários