Cenapop
FAMOSOS

Rennan da Penha lamenta: "Kevin era um grande artista, perdemos muito"

DJ fala sobre luto no funk pela morte do músico

DJ Rennan da Penha afirma que funk está de luto
DJ Rennan da Penha afirma que funk está de luto - Reprodução/O Dia

Redação Publicado em 23/05/2021, às 09h52

Rennan da Penha concedeu uma entrevista para a coluna da Fábia Oliveira, e falou sobre o trabalho de MC Kevin, que morreu há uma semana, após cair do 5º andar de uma sacada no Rio de Janeiro.

O DJ afirma que o funk está de luto. Ele ficou famoso pelo seu hit Eu Vou Parar na Gaiola, e é responsavel por um dos bailes mais importantes da história do gênero, o Baile da Gaiola:

"Importante frisar que o baile foi criado pelos barraqueiros da comunidade. Eu sou um dos DJs que tocavam no baile. Produzi e estourei vários hits de sucessos, um deles foi o 'Eu Vou Parar na Gaiola', que me rendeu dois prêmios Multishow. O público ia pro baile pra se divertir e conhecer de perto a realidade cantada nos hits de sucessos do 'Baile da Gaiola'", diz.

Rennan agora pretende misturar o funk com a pisadinha: "Eu sempre gostei de inovar. Tô explorando outros ritmos. Já tinha trabalhado com o brega em 'Black Friday de Gostosa', com rap em 'Joga pra Mim', pagode em 'Já toa' e por aí vai. Quando vi essa moda do piseiro pensei logo: 'por que não com funk?'. A ideia é sempre trazer novidades".

Ele afirma que está pensando na carreira internacional: "Claro! Estamos trabalhando pra isso! Grandes coisas estão por vir, e em paralelo a isso, nossa produtora Hitzada acabou de fechar contrato com a Sony Music e vamos lançar vários hits do Brasil pro mundo".

Rennan fala sobre sua relação com MC Kevin: "[Eu o] conhecia, mas infelizmente não tive oportunidade de me tornar amigo. Ele era um grande artista, estava na minha lista de futuros feats mas não chegamos a trocar essa ideia".

Ele fala sobre a perda de Kevin para o mundo do funk: "Uma grande perda, né? Não só pro funk de periferia, mas em um modo geral. O Kevin era um grande artista e perdemos muito. Ele já fazia muito sucesso e tinha tudo pra crescer ainda mais. Ele é mais um exemplo de que podemos chegar onde queremos. Que bom que ele conseguiu alcançar grandes marcas enquanto vivia. Ele realmente tinha muita coisa ainda pela frente. Vamos viver galera, claro que nos momentos atuais precisamos nos cuidar, mas valorizem o que tem, quem tá aí contigo e principalmente, sigam sonhando. Meus sentimentos à família, amigos e aos fãs. O funk está em luto".

Comentários