FAMOSOS

Princesa Anne era contra relacionamento de Meghan Markle e Príncipe Harry, segundo escritora

Filha de Rainha Elizabeth II tinha 'preocupações sérias' com a esposa de seu sobrinho

Princesa ainda via Meghan como uma possível fonte de prolemas para a realeza, de acordo com a especialista - Foto/Reprodução
Princesa ainda via Meghan como uma possível fonte de prolemas para a realeza, de acordo com a especialista - Foto/Reprodução

Redação Publicado em 01/04/2021, às 10h27

A socialite e escritora Lady Colin Campbell, contou ao jornal Daily Mirror, que a Princesa Anne, fiha de Rainha Elizabeth II, tinha 'preocupações sérias' com Meghan Markle, além de ser contra o relacionamento da atriz com o sobrinho, Príncipe Harry

Aos 70, Anne é a única filha e é dois anos mais nova que o irmão Charles, nove anos mais velha que Andrew e treze anos mais velha que Edward. Lady Colin escreveu diversos livros sobre a realeza britânica, e também fonte de diários ingleses sobre a Família Real. Ela chegou a revelar que Princesa Anne foi autora do comentário sobre o 'tom de pele' do filho do casal real, que mencionou a situação em entrevista à apresentadora Oprah Winfrey.

Lady Colin ainda disse que, apesar do comentário, a fala da Princesa acabou sendo tirada de contexto e interpretada de forma errada por Meghan e Harry. Ela ainda disse que Anne via como um risco para a realeza o relacionamento de Harry, mencionando que nunca viu em Meghan as características que eram necessárias para se tornar bem sucedida na realeza. 

"A Princesa Anne foi a líder do movimento ‘não case com essa garota, ela não serve. Ela disse: ‘ela é errada para nós, é errada para o país, é errada para o trabalho. Bem, ela estava certa no fim das contas. Ela sempre viu a Meghan em uma busca irrefreável por atenção. A Anne sempre se sentiu incomodada. Porque ela nunca conseguiu aceitar os ‘eu, eu, eu, eu’ constantes da Meghan", contou Lady Colin.

A escritora ainda relatou, após expor Anne como a responsável pelo comentário citado pelo casal durante a entrevista com Oprah: "Nunca houve preocupação em relação à cor da Meghan. A preocupação da Princesa Anne dizia respeito à possibilidade de filhos, não por causa da cor da Meghan, mas por causa da falta de habilidade e determinação dela em compreender as diferenças culturais e respeitar a instituição e a família com a qual estava se casando."

Na entrevista que Harry e Meghan concederam no início de março deste ano, eles tornaram o debate da realeza em relação à cor da pele do filho, Archie, que nasceu em maio de 2019. "Naqueles meses em que estava grávida (...) tivemos uma série de conversas sobre 'ele não teria segurança, ele não teria título' e também preocupações e conversas sobre o quão escura sua pele ficaria quando ele nascesse", comentou Meghan.

Os assessores da realeza publicaram um comunicado em nome da Rainha, após a entrevista do casal, que lamentou o sofrimento dos dois durante o período de Meghan como membro da Família Real, apontando a acusação de racismo como 'preocupante'. Os assessores da Família Real não se pronunciaram, até o momento, sobre os comentários feitos por Lady Colin, expondo a Princesa Anne. 

Após a saída do casal da realeza, a Princesa se tornou alvo de diversos boatos, afirmando que ela deve herdar do sobrinho o cargo de capitã-geral dos Royal Marines, uma infantaria da Marinha do Reino Unido. 

Comentários