FAMOSOS

Mel Lisboa lembra “Presença de Anita” e ensaio para a revista Playboy: “Foi um estouro”

Atriz contou que não se incomoda em ser lembrada por personagem

Mel Lisboa em foto atual e em cena da minissérie Presença de Anita (2001) - Foto: Reprodução/ Instagram@mellisboa e Reprodução
Mel Lisboa em foto atual e em cena da minissérie Presença de Anita (2001) - Foto: Reprodução/ Instagram@mellisboa e Reprodução

Redação Publicado em 09/09/2021, às 05h38

Protagonista da minissérie Presença de Anita (2001), Mel Lisboa contou que hoje em dia não fica mais incomodada por ser lembrada (e chamada) pelo nome da personagem.

Atualmente com 39 anos e mãe de dois filhos, a atriz contou que tinha planos de estudar na França quando recebeu o convite para fazer parte da trama 一 ela tinha 19 anos na época 一, e ressaltou que a obra é um marco na teledramaturgia.

“Tinha, de certa forma, desistido de ser atriz na adolescência, talvez já temendo a exposição da profissão. Mas acabei sendo aprovada para protagonizar uma minissérie na maior emissora do país, que foi um estouro, um marco na teledramaturgia. Tinha planos de estudar Cinema na França, mas minha vida foi por um caminho completamente diferente. Depois de tanto tempo, não me incomoda mais ainda ser reconhecida como Anita. Depois de 20 anos, hoje eu entendo de uma forma diferente”, disse ela, ao podcast Mais que Oito Minutos, comandado por Rafinha Bastos.

Mel Lisboa estampou a capa da edição de aniversário da Playboy
Mel Lisboa estampou a capa da edição de aniversário da Playboy - Foto: Divulgação

 

Após o sucesso estrondoso da personagem, Mel disse que pensou em desistir da carreira da atriz, mas que decidiu por seguir adiante: “De repente, naquele momento, eu tinha a opção de não querer mais, mas decidi seguir adiante”, continuou.

Três anos depois, a gaúcha cedeu aos inúmeros convites e resolveu aceitar o convite para posar nua para a revista Playboy. O ensaio teve 20 páginas e foi clicado por J.R. Duran.

“Naquela época, posar nua era diferente do que representa hoje. Agora a nudez é até política, não é mais o corpo objeto, é o corpo sujeito”, ressaltou Mel.

Comentários