FAMOSOS

Luana Piovani garantiu que sua torcida no BBB 22 é para Pedro Scooby: "É estrupício, mas é do bem"

Luana Piovani se diverte ao saber que Pedro Scooby está curioso para saber a opinião dela sobre sua participação no reality

Luana Piovani se diverte ao saber que Pedro Scooby está curioso para saber a opinião dela sobre sua participação no reality - Foto: Reprodução / Instagram
Luana Piovani se diverte ao saber que Pedro Scooby está curioso para saber a opinião dela sobre sua participação no reality - Foto: Reprodução / Instagram

Redação Publicado em 13/04/2022, às 12h44

No começo da tarde desta quarta-feira (13/04), a atriz Luana Piovani usou os Stories de seu Instagram para garantir que sua torcida no BBB 22 continua sendo para o ex-marido, o surfista Pedro Scooby.

Luana comentou sobre o assunto após um vídeo do surfista repercutir na web onde ele dizia que está curioso para saber se ela estava torcendo para ele no reality show mais famoso do Brasil.

"De todas as coisas que falei, esqueci de falar uma e sei que vocês estão pensando nisso. A história do Pedro querer saber se a ex-mulher torce por ele... é muito bom. Só o Pedro, né? Como não vou torcer? Tenho três sacis com ele", disse a atriz, mãe de Dom, de 9 anos, e os gêmeos Liz e Bem, de 5, de seu casamento com Scooby.

Mesmo declarando mais uma vez o apoio, a atriz não perdeu a chance de dar mais uma alfinetada no ex: "É estrupício, mas ele é do bem. Team Scooby", completou ela.

Piovani comentou recentemente em suas redes sociais sobre as crises de ausência de Pedro durante o BBB 22. Os "apagões" que o surfista tem chamam bastante atenção dos telespectadores do reality e até a própria produção do Big Brother Brasil usa o fato para brincar com o participante do grupo Camarote.

"Gente do céu, que babado! Essas coisas do Pedro, essas tais crises de ausência... tem um pessoal me marcando e falando que ele devia ver um neurologista, não sei o quê. Daí agora vi um story da mulher falando: 'olha, o pessoal que a gente está marcando, está vendo, hein. A gente está vendo que eles estão vendo'. Peraí, deixa eu ir lá, chama 'mães de epilepsia'. Daí entrei e vi uma psicóloga que não falou nada sobre diagnóstico, porque ela não é neurologista, mas falou que eles deviam parar de rir do 'dã, dã' e levá-lo a um neuro porque, bom…", explicou Luana.

Comentários