FAMOSOS

Karina Bacchi diz que não desistiu de engravidar novamente: "Vamos continuar tentando"

Apresentadora descansou com o marido e o filho Enrico no Beach Park, em Aquiraz

Karina Bacchi revelou que não desistiu de engravidar de novo - Reprodução/Instagram
Karina Bacchi revelou que não desistiu de engravidar de novo - Reprodução/Instagram

Redação Publicado em 10/11/2020, às 10h53

Por causa da pandemia do novo coronavírus e após ficar meses de quarentena, Karina Bacchi viajou com o marido Amaury Nunes e o filho Enrico, 3, para Aquiraz, no Ceará, para se divertir e aproveitar os dias ensolarados no Beach Park. 

De acordo com a Quem, Karina disse que é sempre bom voltar ao paraíso, que estava fazendo falta. Ela também disse que isso acaba dando valor a vida e as pessoas com quem estão. Filho de Karina, Enrico, se divertiu, brincou nas piscinas, toboáguas e se divertiu com os personagens do parque aquático. Karina comentou elogiando o filho: "Ele está em uma fase encantadora. Agora tem uma troca maior, porque ele passou a se comunicar mais, a fala proporciona isso".

Karina contou que já tentou engravidar 6 vezes, sendo todas em fertilização in vitro, mas não pensou em desistir, que continua buscando dar um irmão caçula ao filho: "Enquanto ainda tem essa energia, esse fôlego, esse desejo, e os médicos ainda acreditam que é possivel, vamos continuar tentando". 

Quando perguntada o que a motivou sobre a postagem de desabafo no Instagram, no qual falou sobre fragilidades, dificuldades, cansaço etc, ela respondeu que o que a motivou foi o desejo de humanizar. "Eu acredito que isso acaba dando força a outras mulheres e outras famílias que passam por isso, que veem a gente nas redes sociais e pensam: ‘Nossa, para ela é facil ser positiva, porque vê a gente viajando, com marido, que está casada'. Acho importante mostrar a realidade, justamente para as pessoas verem que somos seres humanos iguais a todos", revelou ela. 

Karina diz que não gosta da palavra desistir e que só pararia de tentar se o médico dissesse a ela que não tem mais jeito: "Aí, a gente ia verificar se tem outras possibilidades, pensar numa adoção. Enquanto ainda tem essa energia, esse fôlego, esse desejo, e os médicos ainda acreditam que é possivel, vamos continuar tentando. A gente já é feliz e realizado. E é Deus quem dá o toque final e decide. Deixamos nas mãos deles". 

 

Comentários