FAMOSOS

Diretor de "Top Gun" comenta motivo de ter deixado musas dos anos 80 fora do longa

Joseph Kosinski revelou que o enredo não mencionava as personagens das atrizes

Joseph também afirmou a importância de apresentar novos personagens - Foto: Reprodução
Joseph também afirmou a importância de apresentar novos personagens - Foto: Reprodução

Redação Publicado em 13/05/2022, às 09h55

Diretor de Top Gun: Maverick, Joseph Kosinski falou sobre o motivo de ter deixado de fora as musas dos anos 80, Kelly McGillis e Meg Ryan, do novo longa. As duas atuaram em Top Gun - Ases Indomáveis, sucesso de 1986. 

Ao Insider, Joseph explicou por que as duas não estavam incluídas no enredo da produção: "Essas não eram histórias que estávamos mencionando. Eu não queria que toda história estivesse sempre olhando para trás", disse.

"Era importante apresentar alguns novos personagens", admitiu. No longa dos anos 80, Charlie (Kelly) vivia uma instrutora de voo com interesse romântico em Maverick (Tom Cruise), enquanto Carole era esposa de Goose. Já na nova produção, o interesse romântico de Pete foi interpretada por Jennifer Connelly

Em entrevista em 2019, Kelly comentou sobre não participar da sequência do filme: "Estou velha, gorda e pareço ter a idade que tenho. E não é disso que se trata toda essa cena. Por mim, prefiro me sentir totalmente na minha pele e em quem sou na minha idade em vez de dar valor a todas essas outras coisas", lamentou ela, atualmente com 64 anos. 

Em Top Gun, Pete Mitchell aparece após mais de trinta anos servindo como um dos principais aviadores da Marinha. O piloto de testes tenta evitar o avanço na patente, que o deixaria longe das aeronaves. Ao lado de Cruise, também atuam Val Kilmer e Miles Teller

Comentários