FAMOSOS

Ex-atriz do Zorra Total foi surpreendida por evangélicos em ensaio para a Playboy: “Fiquei perplexa”

Desirée Oliveira fez sucesso na pela da Mulata Difícil do metrô

Desirée Oliveira foi capa da Playboy em outubro de 2011 - Foto: Reprodução/ Clube da VIP e Divulgação
Desirée Oliveira foi capa da Playboy em outubro de 2011 - Foto: Reprodução/ Clube da VIP e Divulgação

Redação Publicado em 01/04/2022, às 06h00 - Atualizado às 11h37

Desirée Oliveira, que ficou famosa ao interpretar a Mulata Difícil do Zorra Total, humorístico exibido pela TV Globo (1999 - 2015), contou que foi surpreendida por um grupo de evangélicos enquanto estava nua fotografando para a Playboy.

Em entrevista a Lucas Hit, do canal Clube da VIP, a atriz explicou que a locação do ensaio era uma estação de trem abandonada, e que nessa estação havia uma rádio evangélica frequentada por religiosos fervorosos.

“A produção da Playboy conseguiu uma estação de trem que um dos lados era desativado 一 do outro lado passava trem, e as pessoas esticavam o pescoço porque notavam que eu estava pelada, mas não dava para ver nada, o outro trem passava rápido”, começou ela.



Desirée contou que a produção tentava cobrir seu corpo com uma canga toda vez que o trem passava do outro lado, para protegê-la, e que além dos passageiros dos trens que passavam, que esticavam o pescoço para vê-la, havia evangélicos na estação. 

“Teve essa situação que eu fiquei perplexa. Durante o ensaio, eu estava ouvindo um som vindo de algum lugar e vendo um monte de pessoas entrando numa espécie de fila, com bíblias debaixo do braço, eram evangélicos. Só que eu estava me sentindo um pouco constrangida. A coisa [o ensaio nu] estava rolando, e eu querendo saber de onde vinha o som, aquelas pessoas, claro, olhavam com cara de ‘o que é que aquela pelada está fazendo aqui’. Depois vieram me falar que ali funcionava uma rádio evangélica”, lembrou ela. 

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Desirée Oliveira (@desireeoliveiraoficial)

 

“Eu pensei na hora: ‘Deus age comigo em todos os lugares’. Isso é sensacional. Eu amo louvor. Eu fotografei nua ao som de louvor, Bênção pura, foi uma comprovação de que o meu trabalho estava sendo abençoado. Foi um trabalho sensacional, nunca mais fiz um igual”, disse ela.

Desirée contou que foi convidada para o ensaio por Edson Aran, diretor de redação da Playboy, após um encontro no lançamento do ensaio nu de Adriane Galisteu, e que sua principal motivação foi o dinheiro do cachê e a participação nas vendas da publicação. 

“Quando eu saí [pelada na Playboy] foi pelo dinheiro, tá? Mas antes do convite, quando pensava na revista, pensava em posar nua pelo lado artístico, porque a projeção era muito grande, muito boa. Ganhei muito dinheiro, não com a revista, mas por fazer eventos depois de ter saído na revista. Fui uma das 12 musas do ano, isso é maravilhoso”, completou.

Desirée Oliveira foi capa da Playboy em outubro de 2011 - Foto: Divulgação
Desirée Oliveira foi capa da Playboy em outubro de 2011 - Foto: Divulgação

 

Comentários