FAMOSOS

Baterista do CPM 22 se manifesta após vazamento de conversa com fã de 16 anos: “Abomino abuso”

Ricardo Di Roberto, o Japinha, contou que já tomou as providências legais para evitar fake news

Baterista do CPM 22, Ricardo Di Roberto confirmou a veracidade da conversa - Foto: Reprodução/ Instagram
Baterista do CPM 22, Ricardo Di Roberto confirmou a veracidade da conversa - Foto: Reprodução/ Instagram

Redação Publicado em 10/06/2020, às 12h30

Ricardo Di Roberto, o Japinha, baterista do CPM 22, recorreu ao Instagram para se manifestar sobre as críticas que vem recebendo nas redes sociais após o vazamento de uma conversa íntima com uma fã de 16 anos.

A troca de mensagens foi publicada na íntegra pelo perfil Exposed Emo no Twitter, na última segunda-feira (04/06), e é real, segundo o próprio músico contou ao site G1.

À publicação, Ricardo disse que o bate-papo (onde os dois falam sobre namoro, virgindade e tentam combinar um encontro) aconteceu em 2012. Japinha ressaltou, no entanto, que não tinha “intenção de seduzir” a jovem.

“Estava rolando um clima meio de paquera, porque ela estava puxando papo comigo. Ela veio me procurar. Aí eu perguntei se ela tinha namorado. Ela falou que sim. Aí eu recuei. Brinquei e falei que não, eu tinha ciúmes. E aí ela falou que tinha 16 também, aí que eu recuei mais. Eu não tenho essa mania. Eu não gosto”, garantiu ele, reforçando que hoje já mais teria a mesma atitude.

Em trechos da conversa, o músico questiona a idade da jovem, que responde dizendo que tem 16 anos. Em seguida, ele pergunta se ela “já tinha feito amor” e, ao receber a resposta de que ela era virgem, disse: “Que linda, assim eu me apaixono”.

Após o burburinho em torno do vazamento da conversa, Ricardo publicou uma mensagem em seu Instagram dizendo que já “tomou as medidas legais” para evitar a “propagação de informações que não condizem com a verdade”.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Ricardo Di Roberto (@ricardo_japinha) em

 

Diante do escândalo, Fernando Sanches, baixista da banda, decidiu deixar o grupo. O CPM 22 também se manifestou na rede social.

“Fomos surpreendidos com postagens sobre o comportamento de um integrante de nossa banda. Somos um coletivo onde cada um responde por suas atitudes. Mas uma coisa é clara: não compactuamos com atitudes desrespeitosas contra quem quer que seja. Nosso maior interesse é que tudo isso seja esclarecido o quanto antes”, diz o comunicado.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Mensagem a todos os fãs e amigos.

Uma publicação compartilhada por CPM 22 (@cpm22) em

 

Comentários