FAMOSOS

Áudio revela que Tom Veiga planejava tirar ex-mulher do testamento

Intérprete do Louro José pediu que amigo fosse em cartório com ele

Casamento de Tom Veiga e Cybelle, em janeiro de 2020 - Reprodução/Instagram
Casamento de Tom Veiga e Cybelle, em janeiro de 2020 - Reprodução/Instagram

Redação Publicado em 06/04/2021, às 08h08

Vazou um áudio de Tom Veiga, o eterno Louro José, pedindo a um amigo que o acompanhasse até o cartório para servir de testemunha para uma mudança em seu testamento.

De acordo com o áudio, Tom tinha a intenção de remover o nome da ex-mulher, Cybelle Hermínio da Costa Veiga, do documento. Segundo o EXTRA, os áudios foram enviados nos dias 29 e 30 de outubro de 2020. Tom foi encontrado morto no dia 1 de novembro.

Tom teria dito ao amigo que estava ocupado durante aqueles dias, mas precisava da ajuda dele, e perguntou se poderia contar com ele para ser testemunha na dissolução do testamento e retirar sua terceira ex-mulher como beneficiária. Ele teria terminado um dos áudios com: "Pode ir lá comigo para cancelar essa bosta?".

O amigo pergunta o motivo de Tom não poder ir ao cartório no dia seguinte, para o qual ele responde que no dia (sexta-feira, 30 de outubro) ele iria acompanhar a instalação de câmeras de segurança em seu imóvel, e tranquilizou o amigo, dizendo que um advogado estava cuidando do novo testamento e do divórcio com Cybelle.

Ainda no áudio, Tom disse que iria para São Paulo no dia 1 pela manhã, e ficaria lá a semana toda, e que eles poderiam ir ao cartório quando ele voltasse: "Fica sossegado. Não pretendo morrer esta semana, não".

No testamento, Cybelle tem direito a 50% dos bens do ator, e seus outros 4 filhos têm direito a 12,5% cada um. Eles estão movendo uma ação cível para provar a indignidade da ex como herdeira. Outra ação foi aberta para que a filha mais velha do ator seja a inventariante, e é contestada por Cybelle.

Comentários