Cenapop
FAMOSOS

Al Pacino revelou pedir ajuda a Jeff Bridges por estar “chapado” no Oscar de 1975

Al Pacino e Jeff Bridges
Al Pacino e Jeff Bridges - Foto: Reprodução

Redação Publicado em 19/01/2020, às 17h23 - Atualizado às 17h59

Al Pacino alcançou sua nona indicação ao Oscar neste ano, como coadjuvante em O Irlandês, filme de Martin Scorsese indicado, no total, a 10 prêmios.

O veterano teve sua primeira indicação em 1973, também como coadjuvante, por O Poderoso Chefão. Ele venceu o Oscar apenas uma vez, como ator principal pelo filme Perfume de Mulher, em 1993.

Em entrevista a Jimmy Kimmel, Pacino contou algumas histórias a respeito de suas participações na cerimônia mais famosa do cinema. Uma delas chamou a atenção: a de 1975.

Naquele ano, ele concorria ao prêmio de Ator Principal por O Poderoso Chefão: Parte II. Entretanto, ele estava tão “chapado” que não prestou atenção na cerimônia. “Eu estava sentado lá e não era como você esperaria. Fui e fiquei sentado nesse grande evento, eu estava com um amigo. Eu tinha tomado algumas coisas, você sabe. Não era completamente eu mesmo”, disse o ator, rindo.

Quando voltou a si, Pacino notou que estava sentado ao lado de ninguém menos que Jeff Bridges. “Estava lá sentado, curtindo o show. Virei-me para Jeff Bridges – ele também foi indicado – e disse ‘oi’. Eu não o conhecia, mas sabia que ele era Jeff Bridges. Ele disse: ‘Sim? Olá’. Pensei: ‘Ele não viu meus filmes'”, explicou.

Pacino continuou explicando a Kimmel que, depois de uma hora da premiação ter se iniciado, ele foi puxar papo com Bridges novamente. “Eu disse a ele: ‘Não acho que eles cheguem à categoria de Melhor Ator. Já tem uma hora e eles não chegaram a essa categoria’. Ele me deu uma olhada – nunca esquecerei dela – como, ‘de onde você é? quem é você?’ e disse: ‘São três horas (de show)'”, comentou.

Naquele ano, Bridges estava em sua segunda indicação ao Oscar, pelo filme O Último Golpe, co-estrelado por Clint Eastwood e dirigido por Michael Cimino. No total, o ator foi indicado a sete prêmios, saindo vencedor em 2010, pelo filme Coração Louco.

LEIA MAIS

Crítica de Judy: Muito Além do Arco-Íris, biografia de Judy Garland
Andressa Ferreira fala sobre primeiros dias com seu filho Bento
BBB 20: Thelma mentiu aos amigos que se mudaria de cidade
BBB 20: Reunião de BBBs tem climão entre Peixinho e André Gabeh
“Já estou na menopausa, minha cabeça está a mil”, diz Angélica
Al Pacino pediu ajuda a Jeff Bridges por estar “chapado” no Oscar de 1975

Veja mais notícias de Famosos

O Oscar 2020 acontecerá no dia 9 de fevereiro. Veja a entrevista completa, em inglês:

Comentários