Guilhermina Libânio, de Órfãos da Terra, fala sobre gordofobia e feminismo

Guilhermina Libânio, de Órfãos da Terra, fala sobre gordofobia e feminismo - Foto: Reprodução/Instagram

Guilhermina Libânio, de Órfãos da Terra, fala sobre gordofobia e feminismo – Foto: Reprodução/Instagram

Guilhermina Libânio está no ar atualmente interpretando Celeste em Órfãos da Terra, novela da faixa das seis horas na TV Globo.

A atriz de 21 anos está fazendo o maior sucesso, sendo parada pelos fãs na rua que comentam sobre sua personagem e também sobre a representatividade de uma mulher fora dos padrões em uma novela da Vênus Platinada. Mas não é a primeira vez que ela fala sobre isso em um trabalho na emissora.

“Quando comecei a fazer a Úrsula de Malhação, não tinha dimensão do alcance e do quão importante era ter uma menina gorda na TV. As pessoas me agradeciam na rua. Ela ficavam felizes de serem notadas e representada. É uma afirmação de que você existe”, afirmou Guilhermina em entrevista ao portal Quem.

A personagem a qual a atriz se refere apareceu em Malhação para discutir gordofobia, já que ela sofria preconceito por estar acima do peso. Por outro lado, sua nova personagem na novela de Duca Rachid e Thelma Guedes já superou os complexos com seu corpo. A atriz garante ser assim também na vida real. “Não tenho problema nenhum em mostrar o que for na televisão e nem na vida, saio de barriga de fora e blusa sem manga”, disse.

 

Militante engajada

Não é apenas esse ponto que Guilhermina diz ter em comum com Celeste. As duas também são feministas convictas, embora existam algumas pequenas diferenças. “Não sou militante como ela de ir para a linha de frente, mas não espero as coisas acontecerem: vou lá e faço até onde dá para fazer”, disse. “Ser atriz para mim é um grande desafio porque tenho muito medo de errar e gosto de agradar ao outro. Mas gente vai resolvendo com terapia e entendendo que a gente não perde quando erra, sempre aprende algo”, afirmou a atriz.

Ela também falou sobre os problemas que passou no começo de sua juventude para aceitar seu corpo. “Se descobrir uma mulher fora dos padrões é difícil. Quando você é adolescente é meio inseguro com tudo, e foi o feminismo que me ajudou muito”, comentou. “Na prática continua sendo muito cruel, só que é uma escolha que você faz todo dia de se dar uma nova chance, de se olhar com mais amor. Não existe uma fórmula mágica, você vai trabalhando todos os dias e se esforçando, vai colocando uma roupa que marca sem ter um problema com isso”.

LEIA MAIS

Tirullipa elogia Carlinhos Maia após pedido de perdão
Valesca Popozuda leva fio dental ao limite
Aos 72, Sylvester Stallone mostra braço machucado
Paolla Oliveira posa nua para Instagram fake
Bella Piero fala sobre foto exibindo estrias
Vídeo: Carlinhos Maia se desculpa com Whindersson

Veja mais notícias de Famosos.

Guilhermina Libânio, de Órfãos da Terra, fala sobre gordofobia e feminismo - Foto: Reprodução/Instagram

Guilhermina Libânio, de Órfãos da Terra, fala sobre gordofobia e feminismo – Foto: Reprodução/Instagram

Comentários