Após engordar 35 quilos, ex-The Voice Aila Menezes abre o jogo: “Eu era magra e não me amava!”

Aila Menezes em sua participação no The Voice Brasil, em 2013, e em foto atual - Foto: TV Globo/ Cynthia Salles e Reprodução/ Instagram

Aila Menezes em sua participação no The Voice Brasil, em 2013, e em foto atual – Foto: TV Globo/ Cynthia Salles e Reprodução/ Instagram

Aila Menezes, que participou do The Voice Brasil em 2013, contou que precisou engordar 35 quilos para aprender a confiar e a gostar mais de si mesma.

Sem problemas para exibir o corpo na web, a artista costuma dar uma aula de amor próprio em suas páginas nas redes sociais compartilhando textos e fotos que incentivam o amor próprio.

Ao falar sobre a mudança radical, Aila foi taxativa e garantiu que sensualidade “não tem nada a ver com o tamanho do manequim”:

“Me sinto muito mais sexy hoje. Me apropriei da mulher que sou. Minha autoconfiança me torna mais forte. Sensualidade não tem a ver com número de manequim. E as mulheres precisam entender isso! Somos mais sensuais quando nos amamos, e quando temos consciência do que merecemos”, opinou.

Em entrevista à revista Quem, Aila disse ainda que passou a ser atacada na web após ganhar peso, e que faz questão de responder comentários maldosos:

Aila Menezes costuma postar fotos de lingerie e moda praia na web - Foto: Reprodução/ Instagram

Aila Menezes costuma postar fotos de lingerie e moda praia na web – Foto: Reprodução/ Instagram

“Aumentaram os ataques porque aumentou a visibilidade das pessoas gordas! Hoje tem a internet que exacerba esse contato e as pessoas gordas já se impõem mais. Não nos silenciamos em frente à opressão! Então, as pessoas se sentem no ‘direito’ de escrever o que querem sem ter o mínimo de empatia, ou discernimento. Mas não abaixo a cabeça. Sigo na luta”, disse.

À publicação, a cantora revelou que teve depressão, e que engordou mais de 30 quilos após parar de tomar remédios:

“Minha primeira depressão começou aos 11 anos de idade. Foi uma depressão reativa. Fui diagnosticada nessa mesma época com síndrome do pânico e por conta das crises de medo excessivas, desenvolvi a depressão… Fui desmamando as medicações aos poucos. Engordei após largar todas as medicações. Foi um período de compreender tudo que estava acontecendo. Fiz e faço terapia. Foi um processo que me fez sentir pela primeira vez na vida dona dos meus sentimentos”, completou.

Ao falar sobre autoestima, Aila opinou dizendo que o sentimento não está ligado ao peso, e contou que “não se amava” magra:

“A autoestima não está relacionada com o seu peso. Eu era magra e não me amava! Comecei a me amar gorda. Então, na verdade, o processo [não foi de resgatar autoestima] foi de começar a me amar de verdade”, declarou.

LEIA MAIS

Aos 53 anos, ex-BBB Tereza posa de lingerie
Isabel Fillardis festeja volta à TV em Topíssima
Aos 52, Clausia Raia fala em aumentar a família
Vídeo: Kéfera mostra mais avanços no pole dance
Carla Perez lembra a gravidez do filho em foto
Grávida, Tatá Werneck é comparada a Teletubbie

Veja mais notícias de Famosos.

Aila Menezes contou que passou a gostar mais de si mesma após engordar 35 quilos - Foto: Reprodução/ Instagram

Aila Menezes contou que passou a gostar mais de si mesma após engordar 35 quilos – Foto: Reprodução/ Instagram

Aila Menezes contou que passou a gostar mais de si mesma após engordar 35 quilos - Foto: Reprodução/ Instagram

Aila Menezes contou que passou a gostar mais de si mesma após engordar 35 quilos – Foto: Reprodução/ Instagram

Aila Menezes contou que passou a gostar mais de si mesma após engordar 35 quilos - Foto: Reprodução/ Instagram

Aila Menezes contou que passou a gostar mais de si mesma após engordar 35 quilos – Foto: Reprodução/ Instagram

Aila Menezes contou que passou a gostar mais de si mesma após engordar 35 quilos - Foto: Reprodução/ Instagram

Aila Menezes contou que passou a gostar mais de si mesma após engordar 35 quilos – Foto: Reprodução/ Instagram

Comentários