Rafa Brites defende posicionamento na web e diz: “Feminismo não é sobre odiar homens”

Rafa Brites fala sobre feminismo e defente posicionamento na web – Foto: Reprodução/ Instagram

Acostumada a debater a ideia de feminismo em suas páginas nas redes sociais, Rafa Brites contou que o assunto é ainda é tratado de forma errada por muitas pessoas.

Aos 30 anos, a repórter do Video Show explicou que o tema ainda é muito atacado, e que muita gente pensa que o movimento existe porque as mulheres “querem estar à frente dos homens”:

“O feminismo é muito atacado. Existe ainda aquela ideia de que é o inverso do machismo, e a gente sabe que não, não tem nada a ver. As mulheres não querem estar um passo à frente nem atrás. Não é sobre odiar homens, é sobre torna-los parceiros. Quanto mais eles nos apoiam, mais os amamos”, definiu.

Em entrevista ao jornal O Globo, Rafa disse ainda que as pessoas têm medo de se posicionar sobre determinados assuntos:

“Hoje, cada vez mais, as pessoas estão com medo de se posicionar. Na internet, existe a possibilidade de se dividir em pequenos grupos e de ser atacado por quem não está na mesma bolha. Então, as pessoas se fecham quando estão de frente para um público diversificado. Eu não tenho esse medo, eu tenho a minha opinião e exponho. Claro que deixando claro que se trata da minha forma de ver o mundo, não do que é certo ou errado. E isso chama a atenção”, completou.

LEIA MAIS:

Dani Calabresa faz alerta sincero sobre nudes
Iza sobre fotos de biquíni: “Estou maravilhosa”
Aos 71, Stallone impressiona com exercício pesado

Veja mais notícias de Famosos.