Cenapop
TV

Pierre Bittencourt, o Mosca de Chiquititas, lembra perrengue na Argentina: “A gente passava muito frio”

Pierre Bittencourt lembrou bastidores da novelinha Chiquititas na Argentina
Pierre Bittencourt lembrou bastidores da novelinha Chiquititas na Argentina - Foto: Reprodução/ SBT e Instagram

Redação Publicado em 14/07/2020, às 08h25

Intérprete de Mosca na primeira vesão brasileira de Chiquititas (1997), exibida pelo SBT, Pierre Bittencourt contou que está bastante animado com o documentário Anos Depois, que reúne cenas inéditas dos bastidores da atração, anunciado durante uma live no último final de semana.

“Estamos extremamente curiosos. Não vou usar a palavra ansioso porque não devo criar expectativa, mas curioso eu posso ficar. Afinal, é diferente a gente revistar um momento da nossa vida através de uma foto e revisitar através de imagens em forma de filme. A gente consegue voltar no tempo. É uma nostalgia boa. Estamos muito curiosos para saber quais imagens a produção tem. Se eu não me engano, o trabalho já está sendo feito há dois ou três anos”, contou ele, à revista Quem.

Atualmente com 36 anos, Pierre contou à publicação que não foi nada fácil gravar as cenas externas em Buenos Aires, na Argentina, por causa do frio.

“Na Argentina, as cenas externas eram desafiadoras. A gente fazia cenas com muito frio. E a história da novela não se passava na Argentina, então não podia fazer a cena como se estivesse passando frio. Às vezes, a cena era de camiseta, passando frio. Quando acabava a cena, eles aqueciam a gente, traziam mate, tipo um chimarrão. Eles nos passavam muita determinação”, lembrou.

Para o artista, a série documental (que está em fase de finalização e ainda não tem plataforma para estrear) é uma chance de mostrar às pessoas a parte difícil do trabalho.

“Acredito que a série documental vai permitir que a gente aborde outros assuntos. Nem tudo são flores. A gente viveu uma história muito bonita, um momento muito importante para uma nação, um elenco, uma equipe, mas tivemos nossos desafios. A gente passava por momentos de dificuldade. Éramos crianças e a gente tinha que lidar com o colégio, as gravações, com o elenco, com as mães do elenco… A proposta da série abordar inúmeros temas. O conteúdo que já existe misturado com os depoimentos atuais vai ser de grande entendimento e contribuição. De certa forma, passar uma certa orientação a quem, de repente, está pensando em ser famoso, ser um youtuber, para quem busque a fama a qualquer preço. É bom que a gente aborde temas de maneira neutra, equilibrada”, completou.

Veja a live abaixo.

 

Comentários