Cenapop
NETFLIX

Se Algo Acontecer, Te Amo (Netflix, 2020) | Uma história emocionante | Crítica

Cena de "Se Algo Acontecer, Te Amo", curta-metragem em animação da Netflix
Cena de "Se Algo Acontecer, Te Amo", curta-metragem em animação da Netflix - Foto: Reprodução / Netflix

Redação Publicado em 22/11/2020, às 15h23

Se Algo Acontecer, Te Amo, que estreou na Netflix neste fim de semana, é um curta-metragem de 12 minutos que certamente valerá cada segundo gasto ao assisti-lo. Entretanto, é preciso avisar: essa é uma produção que deve fazer você chorar de emoção.

Histórias familiares são sempre muito delicadas de se transpor para a tela. Pode haver o risco de cair em um sentimentalismo que não é benéfico para a produção, exagerando nas tintas na hora de pintar o retrato de um drama intimista, passado dentro das quatro paredes de uma residência. Raros filmes conseguiram atingir esse nível de excelência.

Por isso, o feito da animação da Netflix é notável: consegue passar todos os sentimentos necessários ao espectador em pouco mais de 10 minutos, sem precisar se alongar em narrativas que, no fim das contas, acabam rodando em círculos como uma forma de "preencher o tempo" necessário para criar um longa-metragem.

A trama da animação não poderia ser mais simples: um casal tenta conviver com a dor da perda de sua filha, baleada e morta num tiroteio da escola. As lembranças estão impregnadas nas paredes da casa e na mente dos pais, que tentam a todo custo resgatar as memórias da menina enquanto procuram forças para seguir em frente após sua partida.

Saiba tudo sobre o curta-metragem e a nossa opinião sobre ele no vídeo abaixo:

Comentários