Cenapop
NETFLIX

Rebecca - A Mulher Inesquecível (Netflix, 2020): Suspense pálido e sem carisma | Crítica

Armie Hammer e Lily James em cena de Rebecca - A Mulher Inesquecível, filme da Netflix
Armie Hammer e Lily James em cena de Rebecca - A Mulher Inesquecível, filme da Netflix - Reprodução/Netflix

Redação Publicado em 21/10/2020, às 21h53

Rebecca - A Mulher Inesquecível é adaptado de um romance de Daphne Du Maurier, mas que ficou famoso de verdade com a versão cinematográfica dirigida por ninguém menos que Alfred Hitchcock.

O Mestre do Suspense dirigiu o longa em 1940, sendo este o único filme dirigido por ele que venceu o Oscar de Melhor Filme. Agora, a Netflix refaz a história com Lily James, Armie Hammer e Kristin Scott-Thomas nos papéis principais. Há resquícios do requinte exigido para a trama neste trabalho dirigido por Ben Wheatley.

No entanto, não chega nem aos pés do que Hitchcock conseguiu há 80 anos.

Na história, uma mulher conhece um víuvo charmoso chamado Maxim de Winter, com quem rapidamente começa uma relação e se casa. No entanto, a esposa morta de Maxim, Rebecca, está sempre pairando pelo novo casal, e segredos muito bem escondidos começam a vir à tona.

Conheça todos os detalhes sobre o filme, e saiba o que deu errado na produção assistindo ao vídeo abaixo:

Comentários