Cenapop
FAMOSOS

Xuxa diz que não terá mais empresário e que não acredita em seu retorno na TV: "Cansada de falarem por mim"

Apresentadora disse estar cansada de ter representantes que falam coisas que não refletem o que ela quer dizer

Xuxa Meneghel disse que não tem esperança de voltar mais à televisão
Xuxa Meneghel disse que não tem esperança de voltar mais à televisão - Reprodução/Instagram

Redação Publicado em 15/12/2020, às 11h33

A apresentadora Xuxa Meneghel, 57, disse que decidiu não ter mais empresário em 2021 pois está cansada de ter representantes que falam coisas que não refletem o que ela quer dizer. 

Em entrevista ao colunista Leo Dias, Xuxa revelou: "Escolhi em 2020 que não quero ter uma pessoa para representar, não quero um empresário ou empresária. Não quero mais ter isso na minha vida. Vou começar 2021 sem essa figura para me representar. Se alguém quiser falar comigo, vai ter que falar com a minha secretária e ela passa para mim e vai ter que falar diretamente comigo".

"Vou delegar um advogado se é criminalista o caso, se é civil, se é sobre contrato. Tem pessoas que vão trazer trabalho para mim. Mas não vou ter a pessoa que me representa ou representa a marca no ano de 2021". 

Xuxa continuou: "Estou cansada das pessoas falarem por mim e falarem o que eu não gostaria que falasse. As pessoas falam, 'nossa você fala tão legal com as pessoas, mas as que te representam não falam. E isso não bate".

"Nos anos 80 e 90, ouvia muito isso. Não quero mais isso para mim. Não vai ter mais um intermediário. Estou de saco cheio da vida que eu já tive. Com 60 anos não quero mais que as pessoas fale por mim". Ela também disse que essa decisão está relacionada com a diminuição de trabalhos e que não tem esperança de voltar mais à televisão. 

"Tudo isso é reflexo de uma coisa natural. Não tenho a quantidade de trabalho que eu tinha antigamente. Não consigo mais me ver em televisão. Acho que tudo tem o seu tempo. Tenho muita experiência, mas talvez não seja o que o público quer ver. Isso não me deixa triste". 

Comentários