FAMOSOS

Vanessa Mesquita fala sobre o fim da carreira fitness: “Amo treinar, mas era uma escravidão”

Campeã do BBB 14 contou que pandemia mudou sua relação com o próprio corpo

Vanessa Mesquita se formou em Veterinária e desistiu de competir na carreira fitness profissional - Foto: Reprodução/ Instagram@vanmesquita
Vanessa Mesquita se formou em Veterinária e desistiu de competir na carreira fitness profissional - Foto: Reprodução/ Instagram@vanmesquita

Redação Publicado em 04/11/2021, às 06h22

Vanessa Mesquita, grande campeã do BBB 14, contou que a pandemia a ajudou a mudar a relação que tinha com o próprio corpo e imagem.

Acostumada a malhar pesado desde os 17 anos, a modelo 一 que recentemente se formou em Medicina Veterinária 一 contou que a carreira profissional de competições fitness exige muita dedicação e que está feliz ostentando um corpo menos sarado.

“Desde o início da pandemia, não consegui mais voltar para dieta restrita. O isolamento social me fez repensar o significado de tudo isso. Pela primeira vez na vida, estou me permitindo comer tudo que tenho vontade. Se tiver vontade de comer uma pizza na terça-feira, eu vou comer. É só dar uma compensada no dia posterior. Não tenho mais vontade de ter aquele corpo musculoso que eu já tive. Olho as fotos de antes e me acho mais bonita agora. Consegui curtir todas as fases do meu corpo e aparência”, contou ela, à Quem.

Vanessa acrescentou: “Me acho muito mais bonita agora. Meu rosto não está inchado, como estava antes. As roupas caem melhor. Passo mais despercebida. Aquele corpo definido chamava muito atenção na rua. O mais curioso é que perdi peso, por causa dos músculos. Não mudou muito as minhas medidas. Agora tenho mais gordura, porque pedi a definição. Mas estou muito mais feliz comigo. Não quer dizer que eu não me cuide. Não preciso ser atleta, para ser saudável. Tento comer bem. Mas não brigo mais com meu corpo. E parece que quando a gente se acha mais bonita, as pessoas também acham. Estou me amando”, continuou.

À publicação, a ex-BBB contou que está fechando mais trabalhos agora do que na época em que estava sarada:

“Era uma escravidão ao corpo, com certeza. Na verdade, eu treino desde os 17 anos e amo treinar. Porém, desde a saída do BBB, o corpo virou um trabalho para mim. Quanto mais definida e trincada, mais trabalho eu conseguia. Mas comecei a perceber que poderia explorar outros mercados para poder viver e não preciso mais viver só do fitness. As mulheres estão se cobrando menos atualmente. Inclusive, tenho até fechado mais trabalho agora, do que antes. A mulher quer se ver naquele catálogo, naquela roupa, não adianta mostrar um corpo quase inatingível para uma mulher comum. A minha mudança impacta na vida de muitas meninas que estavam se cobrando para ter um corpo inatingível”, completou.

Comentários