FAMOSOS

Tereza Seiblitz sobre André Gonçalves descumprir acordo e ofender filha: "Tudo que ela queria era não estar nessa situação"

Tereza Seiblitz detonou o ex em meio à polêmica envolvendo o ator recentemente

André Gonçalves está devendo pensão à Manuela, de 22 anos, além de Valentina, de 18 anos - Reprodução / Instagram @terezaseiblitz
André Gonçalves está devendo pensão à Manuela, de 22 anos, além de Valentina, de 18 anos - Reprodução / Instagram @terezaseiblitz

Redação Publicado em 14/01/2022, às 09h25

Tereza Seiblitz voltou a falar do ex, André Gonçalves, envolvido em polêmica por não pagar pensão à filha, Manuela, de 22 anos, e se manifestou sobre o descumprimento do ator em um acordo. 

À coluna de Patrícia Kogut, do jornal O Globo, através de uma carta, a atriz conta que, em 2019, a filha chegou a aceitar um acordo proposto por ele, que descumpriu. Além de Manuela, o ator também é pai de Valentina, de 18 anos, de seu antigo casamento com Cynthia Benini, a quem também deve pensão. "No momento, estou às voltas com a perda recente da minha mãe, que aconteceu no dia 21 de dezembro de 2021. Além da questão de não poder fazer as cerimônias com as cinzas dela, como muitos brasileiros não podem por causa desta terceira onda de Covid, ainda temos os trâmites burocráticos que a morte nos impõe."

Seiblitz prosseguiu: "Conto isso para que se entenda em que contexto estou respondendo à demanda sobre o assunto da pensão da minha filha mais velha. Fiquei muito triste quando, ainda com minha mãe do hospital, vi declarações feitas pelo pai da Manuela num vídeo de 11 minutos, veiculado no YouTube. Não entendi nada. Por que aquela matéria ali, sem contextualização? Foi um susto porque respeito o André como colega de profissão, talentoso, que sempre foi muito gentil e afetivo."

"Foi ele quem quis abrir o processo de pensão quando a Manu tinha uns 9 anos. Até então eu não tinha nem advogada. Nesse momento, ele foi muito grosseiro comigo e não quis diálogo. Depois foram anos e anos, com várias situações diferentes e com a própria Justiça cobrando dele os atrasados. Quando minha filha fez 18 anos, a lei a coloca à frente do processo. Por isso acho muito estranho o pai dela dizer naquele vídeo que ela está tentando prendê-lo há cinco anos. O processo começou lá por 2009."

Em 2019, ela aceitou o acordo que ele propôs. Só que ele não cumpriu. Tudo o que a Manuela queria era não estar nessa situação. O rito de prisão que acontece agora é o da outra filha dele, a Valentina, a quem ele deve três vezes mais. Enquanto isso, nós, as mães, criamos nossas filhas sem vir a público, não é? Não sei a quem interessa essa exposição da vida pessoal.

"Eu continuo confiando nos trâmites legais em relação a esse assunto bem como às ofensas feitas publicamente, não só por ele, mas por alguns veículos de 'informação'". Tereza ainda lamenta todos os acontecimentos recentes em meio à momentos delicados que sua família vem passando. "A única coisa boa é que esse assunto sobre pensão alimentícia seja debatido com a seriedade que merece. É impressionante o número de mensagens que recebo de mulheres que não conseguem nem ter acesso para a divisão, pelo menos financeira, dos custos da criação de um filho."

A atriz completou: "Acho que muita gente não sabe que a lei diz que o pai deve arcar com a divisão dos custos até os 24 anos ou até a formação no Ensino Superior (se isso acontecer antes). Seria muito bom não precisar de leis para algo que, para mim, faz parte da alegria/missão de botar alguém no mundo". Atualmente se dedicando ao teatro e aos estudos, Seiblitz fez sucesso na década de 90 na Globo, estrelando em Explode Coração

Nesta semana, Manuela criticou o pai em um desabafo publicado nas redes sociais, em que comenta sobre sua relação com o ator. André está devendo pensão alimentícia de R$ 109 mil à filha, além de uma dívida de R$ 13,5 mil em razão de três meses de atraso na pensão de R$ 4,5 mil. Cynthia também está movendo outra ação, em São Paulo, onde cobra dele mais de R$ 350 mil por falta de pagamentos anteriores.

Comentários