FAMOSOS

Nanda Costa anuncia que está grávida de gêmeos: "Duas mães e duas filhas"

As duas crianças serão os primeiros filhos da atriz com a esposa, Lan Lahn

Nanda Costa está grávida de gêmeos - Foto: Reprodução / Instagram
Nanda Costa está grávida de gêmeos - Foto: Reprodução / Instagram

Redação Publicado em 27/06/2021, às 19h13

Nanda Costa e sua mulher, a percussionista Lan Lahn, estão felizes da vida: elas anunciaram neste domingo (27/06) que a atriz está grávida de gêmeos.

A novidade apareceu em uma chamada do Fantástico no intervado do Super Dança dos Famosos, apresentado por Tiago Leifert após a saída de Faustão da emissora. A entrevista completa de Nanda e Lan Lahn para Poliana Abritta irá ao ar durante o programa dominical.

Pouco tempo depois, Nanda postou no Instagram a mesma chamada e complementou: "Um segredo guardado com muito carinho! Somos 4. Duas mães e duas filhas".

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Nanda Costa (@nandacosta)

 

No começo do ano, Nanda já havia dado pistas da maternidade ao afirmar, em entrevista à Quem, que pensava em ter seu primeiro filho -- para isso, havia congelado os óvulos.

A maternidade é um desejo, mas agora com óvulos congelados, tenho uma tranquilidade maior. Quero em breve, mas estou esperando passar esse caos ainda.

Em abril, durante conversa com a coluna da Patrícia Kogut, Nanda Costa falou um pouco sobre seu trabalho na TV e cinema, além de detalhes de sua vida pessoal durante a quarentena de covid-19, como o adiamento do plano de ter um filho com a mulher.

"Os óvulos estão congelados. Agora é um momento delicado, o número de casos preocupa. Vou tocar mais para frente. Essa realidade não depende só de mim. Mas, quando chegar a hora, vou ter cuidado. Pretendo revelar só quando estiver com mais de três meses", explicou a atriz na época.

Ela também se mostrou preocupada com o aumento de casos da covid-19 no Brasil. "Nos primeiros meses da pandemia eu não tinha vontade de levantar da cama. Os casos foram aumentando, depois não tínhamos perspectiva de vacina", relembrou.

"Agora, familiares como a minha avó já foram vacinados, o que me tranquilizou um pouco. Mas ainda me toca ver crianças pegando, novas cepas surgindo, pessoas fazendo festas clandestinas, muita gente negando o que está acontecendo. Fico na esperança de dias melhores", prosseguiu.

Comentários