Cenapop
FAMOSOS

Maria Zilda fala sobre doença nos olhos e mudança após pandemia: “Preciso de pouco para viver”

Maria Zilda faz lives diárias sem censura e com convidados
Maria Zilda faz lives diárias sem censura e com convidados - Foto: Reprodução/ Instagram

Redação Publicado em 22/06/2020, às 07h18

Uma das veteranas da TV brasileira, Maria Zilda está aproveitando o isolamento social para divertir o público com lives diárias e “sem censura” nas quais fala de tudo um pouco (do passado) e revela seus planos para o futuro.

Portadora de uma doença degenerativa na retina, a atriz contou que o problema não a derruba e que inventou a “live da alegria” – que ela transmite de segunda a sábado no Insatgram, pontualmente às 20h30 – para levar alegria ao povo.

“Sou muito intensa. Quando sinto as coisas, sinto de verdade. Já deprimi por causa desse vírus, mas abri esse espaço para levar alegria para as pessoas, para que durmam com sorriso no rosto”, disse ela.

Solteira aos 66 anos, Maria Zilda, que mora com seus dois gatos em uma casa de três andares no Rio de Janeiro, contou que irá morar em uma casa menor após a pandemia do novo coronavírus.

“Doei a metade do que eu tinha nessa casa. Percebi que preciso de bem pouco para viver. Vou vender essa casa enorme e me mudar para um apartamentinho de dois quartos, um para mim e outro só para receber um hóspede. Não preciso mais que isso”, explicou.

Acostumada a soltar o verbo em suas lives, a atriz fala sobre todos os assuntos, até os mais cabeludos, inclusive de causos que viveu da década de 70 e avisa que não mudará seu estilo por causa das pessos caretas: “Aqui não tem censura. As pessoas estão muito caretas. Pode falar tudo, se alguém quiser me processar, posso provar tudo”, avisou.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Salve oxossi (@mariazildabethlem) em

 

Comentários