FAMOSOS

Geisy Arruda dá detalhes de live proibidona no motel: “Vou começar amarrada, vai ser ótimo”

“Botei na cabeça que quero fazer assim... vou começar a live amarrada... vai ser ótimo”, contou a influenciadora

Geisy Arruda deu detalhes de sua próxima live proibidona
Geisy Arruda deu detalhes de sua próxima live proibidona - Foto: Reprodução/ Instagram

Redação Publicado em 12/06/2020, às 11h00

Acostumada a falar se sexo em seu canal no YouTube e nas redes sociais, Geisy Arruda revelou mais detalhes da “live proibidona” que está preparando e que pretende transmitir diretamente de um motel.

Em seu Instagram Stories, a influenciadora abriu espaço para seus seguidores enviarem perguntas, e foi respondendo algumas delas.

Usando diferentes tipos de lingerie, Geisy contou que aproveitará a transmissão para lançar seu segundo livro de contos eróticos: “Teremos outra ‘live proibidona’ no lançamento do meu segundo livro. Vou fazer em um motel”, revelou.

“Eu enfiei na minha cabeça que quero fazer a live em um motel... vou começar a live amarrada... vai ser ótimo. O livro terá 13 contos inéditos, incluindo BDSM, podoloatria, suruba, sexo anal, ménage... um pouco de cada... usei até um cinto de castidade”, adiantou ela.

Lingeries e mercado pornográfico

Ao falar sobre suas lingeries, Geisy revelou que faz coleção, que tem muitas peças ainda com etiqueta, e que geralmente dorme pelada.

“Gente, eu não durmo com essas lingeries... Eu durmo pelada ou com um shortinho tipo pijama, só com a parte de baixo. Mas claro, quando se está acompanhada, tem que dar uma caprichada, né?”, continuou ela.

Geisy ainda falou sobre o “mercado de nudes” e revelou que recebe muitas propostas de casais para transar.

“Acho que é uma opção [mercado de nudes], o mercado pornográfico é muito lucrativo... As pessoas são viciadas em sexo, então quem vende esse tipo de conteúdo está bem... não é para mim, que escrevo contos eróticos. Imponho um limite na minha sensualidade”, explicou ela.

Em seguida, a influenciadora contou que é muito assediada por casais: “De cada 10 propostas que eu recebe, 8 é para fazer menage. Eu devo ter cara de comedora de esposas, não é possível”, brincou.

Comentários