FAMOSOS

Diretor e produtor revelam que estúdio não queria Will Smith em "Independence Day" por ser negro

Executivos da Fox não queriam ator no papel principal da produção

Roland Emmerich e Dean Devlin falaram sobre o estúdio estar incomodado com Will no papel do Capitão Steven Hiller - Foto/Reprodução/FOX
Roland Emmerich e Dean Devlin falaram sobre o estúdio estar incomodado com Will no papel do Capitão Steven Hiller - Foto/Reprodução/FOX

Redação Publicado em 05/07/2021, às 09h45

O cineasta Roland Emmerich e o produtor e roteirista, Dean Devlin, relatam que os estúdios Fox não queriam que Will Smith interpretasse o papel principal em "Independence Day" (1996) por ser negro. 

Em entrevista ao site The Hollywood Reporter, os dois contaram sobre o estúdio estar incomodado com o ator interpretar o Capitão Steven Hiller. Na conversa, que foi realizada durante a celebração dos 25 anos do lançamento do longa, eles disseram que tiveram certeza sobre a opção por Jeff Goldblum

A Fox cogitou em contratar Ethan Hawke para o elenco, mas acabou ficando com Jeff e Will: "Estava muito claro que precisava ser o Will Smith e o Jeff Goldblum. Era o combo que pensamos. O estúdio disse, ‘não, não gostamos do Will Smith. Ele ainda não foi colocado à prova. Ele não funciona em mercados internacionais", disse Roland. Já Dean ainda relembrou: 

"Eles disseram, ‘se vocês escolherem um cara negro para esse papel vocês vão matar a bilheteria internacional’. O nosso argumento foi, ‘bem, é um filme sobre criaturas espaciais, vai se dar bem lá fora’. Foi uma grande guerra e o Roland realmente lutou pelo Will, acabamos ganhando essa luta". Roland também comentou sobre como convenceu o estúdio a contratar Will, após ter ameaçado levar o projeto para a Universal, se o astro não ficasse com o papel.

Um dos maiores sucessos da carreira de Will, a produção alavancou sua carreira após o término da série "Um Maluco no Pedaço". O longa conseguiu arrecadar US$ 817 milhões em vendas de ingressos, além de US$ 511 milhões nos cinemas só dos Estados Unidos. 

Recentemente, Will comentou sobre sua forma física e falou que o seu ganho de peso durante a pandemia era "nojento" ao compartilhar um vídeo nas redes sociais em que aparece treinando pesado. 

Comentários