FAMOSOS

Dudu Azevedo revela ter sofrido assédio moral e sexual no trabalho: “Por homens e mulheres”

Ator também falou sobre tesão durante cenas de sexo

Dudu Azevedo contou que já foi vítima de assédio moral e sexual - Foto: Reprodução/ Instagram@duduazevedo
Dudu Azevedo contou que já foi vítima de assédio moral e sexual - Foto: Reprodução/ Instagram@duduazevedo

Redação Publicado em 17/11/2020, às 09h18

No ar na reprise da novela Flor do Caribe, na TV Globo, Dudu Azevedo contou que já sofreu assédio moral e sexual no trabalho e também na vida pessoal.

Durante um bate-papo com o youtuber Caio Fischer, o ator disse ter passado por situações constrangedoras por diversas vezes e que o assédio partiu tanto de homens quanto de mulheres.

“Eu, por diversas vezes, passei por essas coisas [assédio sexual e moral] fora do trabalho e dentro do trabalho também. E sobrevivi a elas com presença de espírito. Eu fui assediado por homens e mulheres. Assédio sexual e assédio moral. Mas de alguma forma, na situação, eu deslizei. Consegui passar por aquilo como se fosse uma situação corriqueira. Desconversei e fui adiante”, começou ele, opinando em seguida que “as coisas estão mudando”.

“As coisas estão mudando. Estão se configurando de uma maneira diferente. Hoje em dia, se você é assediado por alguém no trabalho, você pode reagir de uma forma diferente. Mas ainda assim, essa situação toda é muito obscura. Muitas vezes esse tipo de coisa acontece como se não estivesse acontecendo. Como se fosse um blefe ou como se fosse uma cartada. Aí, quando você assume uma postura mais dura, mais radical, você estabelece seu espaço, mas quebra também uma relação social. E é disso que as pessoas sempre tiveram medo”, opinou o ator.

Tesão em cenas de sexo

Durante a conversa, Dudu Azevedo também falou sobre cenas de sexo, e revelou que já “sentiu tesão” ao gravar uma sequência para a TV.

“É raro porque é muito técnico e tem muita gente em volta. E ficar com tesão não necessariamente é ter uma ereção. Não foi uma coisa física, foi uma coisa mútua de envolvimento. Mas não é comum. Acho que você tem que estar predisposto. E eu não chego para a cena com essa intenção. Mas quando você está livre, sozinho, e a pessoa também, e existe uma atmosfera para isso, aí você vive aquele momento. Está permitido”, revelou.

Pai de Joaquim, de 2 anos, Dudu contou que ele e a mulher, a médica Fernanda Mader, praticam bastante [sexo] e que não ficaria surpreso com uma nova gravidez.

“A gente pratica bastante. Na vida do casal, se tem uma coisa que é fundamental, é o sexo. Ele mantém as coisas acesas. A união carnal é quase tão importante quanto a união espiritual”, completou.

Comentários