FAMOSOS

Armando Babaioff discute com internauta ao pedir apoio à artistas: "Babaca"

Armando pediu para que internautas pudessem ajudar artistas pagando entrada inteira

Ator rebateu e xingou internauta, que seguiu a discussão com xingametos - Reprodução/Instagram/@babaioff
Ator rebateu e xingou internauta, que seguiu a discussão com xingametos - Reprodução/Instagram/@babaioff

Redação Publicado em 01/09/2021, às 08h49

Armando Babaioff causou polêmica nas redes sociais ao discutir e xingar um seguidor, após pedir para que os internautas ajudassem artistas prejudicados pela pandemia da Covid-19. 

Em seu Twitter, Armando pediu aos seguidores que pudessem pagar uma entrada inteira para ajudar os artistas do teatro: "Não custa falar. Mas quando o teatro voltar às atividades, não pede ingresso, não. Ajude os artistas. Sempre vai ter um ingresso com desconto, lista amiga, meia-entrada, mas, se puder, pague inteira, vai ajudar muito", disse ele.

Um internauta se surpreendeu e rebateu a publicação do ator: "Tá de sacanagem, né? O cara já tem dificuldade pra pagar uma meia-entrada (que não é barato) e, aí, vai pagar a inteira pra 'ajudar' o artista". Babaioff, então, respondeu: "Tem um 'se puder' escrito. E outra, esse é o meu emprego e o de muita gente. O que tem de errado em trabalhar? Não entendi."

 

"Não tem nada de errado em trabalhar e cobrar pelo trabalho (inclusive). E nada de errado em pagar a inteira ou até o dobro, triplo pela entrada (cada um  gasta seu dinheiro como quer, né). Agora, fazer 'campanha' para a galera pagar inteira, ao invés de meia, é ser muito fora do mundo real", disparou o internauta. "É só um pedido a quem puder pagar. Não tô obrigando ninguém. É um pedido. Peça pra pagar meia cerveja num bar da próxima vez. Cara chato da porr*", rebateu o ator.

"Ah, jovem. Se fod** com seu pedido. Deixe entrada franca na próxima. 'É só um pedido'. Cuz**", disse o internauta. "Se for subsidiado ou patrocinado, sim. Não vejo problema nenhum. Enquanto eu for o produtor e o patrocinador dos meus projetos, continuo fazendo esse pedido, não posso e nem quero proibir a meia-entrada, é um direito. Por isso faço um pedido. Você é burro ou e só mau-caráter mesmo? Você não me conhece. Está querendo o quê? Chamar a atenção?! Babaca", completou Armando.

Comentários