FAMOSOS

Caitlyn Jenner revela que tentou transição de gênero nos anos 80, mas desistiu ao conhecer Kris Jenner

Caitlyn Jenner revela que tentou transição de gênero nos anos 80, mas desistiu ao conhecer Kris Jenner - Foto: Reprodução/Instagram A busca de Caitlyn Jenner

Caitlyn Jenner revela que tentou transição de gênero nos anos 80, mas desistiu ao conhecer Kris Jenner - Foto: Reprodução/Instagram
Caitlyn Jenner revela que tentou transição de gênero nos anos 80, mas desistiu ao conhecer Kris Jenner - Foto: Reprodução/Instagram

Redação Publicado em 25/11/2019, às 13h27

A busca de Caitlyn Jenner por sua verdadeira identidade foi cheia de percalços. Antes conhecida como Bruce Jenner, a socialite e ex-atleta olímpica deixou todos boquiabertos quando se revelou transgênero.

Em uma nova revelação sobre sua vida, Caitlyn contou que havia começado a tomar hormônios para fazer a transição de gênero e ter seios já nos anos 80, muito antes de efetivamente realizar as cirurgias. No entanto, desistiu do seu plano ao conhecer Kris Jenner.

Ela falou sobre o assunto durante uma conversa no reality I’m a Celebrity…Get Me Out of Here!, do qual participa. Segundo o jornal The Sun, Jacqueline Jossa foi quem questionou a socialite sobre a cirurgia. Ela, então, respondeu que chegou a ter seios do tamanho 38B durante os anos 80, quando tomou doses de estrogênio.

Ao conhecer Kris Jenner, porém, ela cortou os hormônios. Eles se casaram em 1991 e tiveram as filhas Kylie e Kendall Jenner, amplamente conhecidas hoje como parte do clã Kardashian.

Caitlyn Jenner revela que tentou transição de gênero nos anos 80, mas desistiu ao conhecer Kris Jenner – Foto: Reprodução/Instagram

Caitlyn disse: “Ao longo de muitos anos, tive muitas (cirurgias), mas, no final, foi muito rápido, porque você consegue fazer o rosto e o peito ao mesmo tempo”, afirmou.

“Na verdade, para os homens, se usar estrogênio, os seios crescem bem. No meu caso, eu tomei estrogênio nos anos 80 e fiquei com seios de 36/38B, e então conheci Kris e os cortei”, revelou. “Sou tão confusa na minha vida… E então, na segunda vez, 25 anos depois, eu estava de volta ao estrogênio, obviamente, e os seios voltaram, mas não muito. Então, eu realmente tive que ‘colocá-los’, para que seja meio que o ponto sem retorno”, comentou.

Ela também falou sobre como foi revelar ao mundo a sua transição de gênero. “A transição e a tentativa de causar impacto (nas) redes sociais são extraordinariamente importantes”, começou. “Assim que a capa da Vanity Fair foi lançada, nas 4 horas seguintes, quebrou o recorde mundial de post mais rápido a chegar a 1 milhão de seguidores no Twitter”, afirmou.

Comentários