Cenapop
FAMOSOS

Marlon Brando fez Michael Jackson chorar durante conversa sobre acusações de abuso infantil

Marlon Brando fez Michael Jackson chorar durante conversa sobre acusações de abuso infantil - Foto: Reprodução Em 1994, Marlon Brando foi convidado pela

Marlon Brando fez Michael Jackson chorar durante conversa sobre acusações de abuso infantil
Marlon Brando fez Michael Jackson chorar durante conversa sobre acusações de abuso infantil - Foto: Reprodução

Redação Publicado em 31/08/2019, às 14h22 - Atualizado às 14h27

Em 1994, Marlon Brando foi convidado pela procuradoria de Los Angeles para depor no processo que envolvia seu amigo Michael Jackson, onde o Rei do Pop era acusado de abuso infantil.

Os detalhes do depoimento ficaram em sigilo durante anos, até que nesta semana o podcast Telephone Stories conseguiu acesso aos documentos que mostram quais foram as declarações do ator, duas vezes vencedor do Oscar, para a polícia.

No depoimento, Brando afirma que teve uma conversa com Jackson em que o colocou contra a parede sobre as acusações que vinha recebendo, além de questioná-lo sobre sua sexualidade. De acordo com o ator, Michael Jackson teria chorado bastante ao ser confrontado sobre essas questões, fazendo questão de ressaltar que odiava seu pai, Joe Jackson.

“Com esse modo de comportamento que está acontecendo, acho bastante razoável concluir que ele pode ter tido algo a ver com crianças”, disse Brando durante o depoimento prestado para os procuradores do caso.

O ator declarou ainda que Michael Jackson nunca assumiu ser gay ou que teve relações sexuais com menores de idade, e revelou ainda que a conversa mexeu tanto com o cantor que Brando precisou confortá-lo.

Mesmo com as declarações e a possível desconfiança do ator em relação as atitudes de Jackson, eles foram amigos até a morte de Brando, em junho de 2004. Michael Jackson morreu cinco anos depois, em 2009.

Comentários