Em Família

“Namorar jogador de futebol não constrói carreira”, alfineta Bruna Marquezine

Bruna Marquezine leva o nome de uma linha de esmaltes, em parceria com a marca Ludurana. Crédito: Divulgação Constante alvo da mídia, Bruna Marquezine desabafou

Redação Publicado em 26/11/2014, às 10h42

Constante alvo da mídia, Bruna Marquezine desabafou sobre a invasão de sua vida particular e a eterna associação ao jogador de futebol Neymar. Em entrevista ao jornal O Dia, durante o lançamento de sua linha de esmaltes, em parceria com a marca Ludurana, no Rio de Janeiro, ela garantiu que o romance não influenciou em nada.

“No momento que namorei era Copa e eu estava fazendo novela (Em Família) como protagonista… Tudo ficou em evidência e fiquei muito exposta. Isso, sim, de certa forma, ajudou (a receber propostas de trabalho), mas não acredito que ter sido namorada de um jogador de futebol tenha, de fato, ajudado alguma coisa na minha carreira”, comentou.

“Trabalho desde os 5 anos e estou indo para minha nona novela. Namorar alguém não te dá papel, não constrói carreira. Foi um namoro muito exposto, mas também não quis abrir mão de vivê-lo. Mas não acredito que tenha aberto portas”, avaliou.

Marquezine disse ainda que chegou a pensar em desistir de tudo, devido à perseguição da mídia, mas que aprendeu a lidar com a pressão. “A partir do momento que eu deixei de ser vista como criança, as notícias não eram mais as mesmas. A cada semana, eu tinha saído com uma pessoa diferente e eram notícias falsas. Essas coisas machucam. Eu sofria e pensei em desistir. Mas, com o tempo, entendi que não adianta me justificar”, disse.

“Não tenho controle do que sai da boca das pessoas. Tenho controle do que sai da minha. Sei bem aonde quero chegar, tudo o que quero conquistar. E aí essas notícias maldosas se tornam pequenas. Tenho um cuidado maior com o que falo, exponho, porque a mídia tem um poder muito grande de transformar uma coisa simples, que qualquer menina de 19 anos faz, em uma novela. Hoje, aprendi a lidar com isso, mas essa fase de transição é insuportável. Você fica mal, e não sabe o que fazer”,

Sobre o affair com o modelo catarinense Marlon Teixeira, em Miami, nos Estados Unidos, ela limitou-se a dizer: “Não vou falar sobre isso. Minha vida amorosa não diz respeito a ninguém. E isso não me chateia, porque é quase diário.

Comentários