Cenapop
CURIOSIDADES

Serial killer tem prioridade para receber vacina de COVID-19 e gera revolta

Rose West foi vacinada antecipadamente por causa de seus problemas de saúde

Rose West
Rose West - Reprodução

Redação Publicado em 15/02/2021, às 10h57

Rose West, serial killer britânica de 67 anos de idade, recebeu a vacina contra a COVID-19 antecipadamente, fora da vez de sua faixa etária, e causou revolta na web.

Ela foi condenada em 1995 pelo assassinato de 10 pessoas, ao lado de seu marido, Fred West, que cometeu suicídio antes de ir a julgamento. Grande parte dos assassinatos aconteceu no porão da casa em que eles moravam, e vários corpos foram enterrados dentro ou ao redor da residência, em Gloucester, na Inglaterra. O local ficou conhecido como Casa do Horror.

Rose recebeu a vacina na penitenciária HMP New Hall, em Flockton, na Inglaterra, onde ela cumpre a pena máxima. Fontes disseram ao jornal The Sun que ela é obesa, tem problemas de visão e luta para subir escadas, é vista como "extremamente vulnerável", o que a fez ter prioridade na fila. Ela foi imunizada antes dos funcionários da prisão, e teve uma reação adversa que precisou de cuidados.

Famosos ficaram revoltados no Twitter. Andy Pugh disse: "Absolutamente ridículo"; Casper Gorniok escreveu: "Gary Glitter, Rose West... Quem mais vai tomar a vacina antes dos funcionários da prisão?"; Dr Mofozi tuitou: "Típico do sistema da 'judicial' britânico, que põe criminosos na frente dos cidadãos de bem."

Comentários