Débora Nascimento lembra anorexia na adolescência: “Sempre fui um mulherão e estava definhando”

Débora Nascimento contou que sofreu muito de anorexia na época da adolescência - Foto: Reprodução/ YouTube

Débora Nascimento contou que sofreu muito de anorexia na época da adolescência – Foto: Reprodução/ YouTube

Convidada do Tatá Ferzosa, programa comandado por Thais Fersoza no YouTube, Débora Nascimento contou que sofreu bastante com a anorexia na adolescência.

No bate-papo, a atriz explicou que ficou doente na época em que trabalhava como modelo. No relato, Débora diz que vou uma colega morrer de anorexia, e que ganhava mais trabalho toda vez que conseguia emagrecer um pouco mais.

“Quanto mais magra eu ficava, mais trabalho eu pegava. Mais elogios eu recebia. Eu adorava não me alimentar, ficava cada vez mais leve. Sempre fui uma mulher grande e fui definhando. Desmaiava, vivia desmaiando. Uma amiga minha chegou a falecer de anorexia”, lembrou.

Em seguida, Débora contou que foi difícil encarar a morte da amiga, já que ela também queria ficar mais magra a cada dia:

“Foi muito difícil porque eu queria aquilo que ela tinha para mim. Fui ter consciência quando comecei a desmaiar na frente da minha mãe. Ela começou a me monitorar. Até hoje quando tenho algum momento mais crítico na vida minha mãe me liga para saber se estou comendo, pergunta às pessoas à minha volta. Conversei com profissionais [na época], mas o que contou muito para mim foi o apoio dela na minha vida”, continuou.

Aos 34 anos e mãe da pequena Bella, a atriz disse que pretende falar de tudo com a filha, incluindo de sua separação com o ator José Loreto, quando chegar o momento certo:

“Eu posso errar em várias coisas, mas o diálogo vai prevalecer lá em casa. Ela vai ter excesso de afeto e de diálogo. Vou conversar sobre tudo. Sobre minha separação, sobre minhas questões emocionais. Vou dizer: ‘Sua mãe é forte, mas a força não significa dureza”, explicou.

Comentários