Kevin Federline, ex-marido de Britney Spears, quer pedir a guarda total dos filhos após acusações de agressão

Kevin Federline, ex-marido de Britney Spears, quer pedir a guarda total dos filhos após acusações de agressão - Foto: Reprodução/Instagram

Kevin Federline, ex-marido de Britney Spears, quer pedir a guarda total dos filhos após acusações de agressão – Foto: Reprodução/Instagram

Sempre envolta de polêmicas durante toda a sua carreira, Britney Spears está se preparando para enfrentar mais uma batalha judicial.

No caso, o pai de seus filhos e seu ex-marido Kevin Federline pretende entrar na Justiça para retirar o nome de Jamie Spears, pai da performer, da tutela legal das crianças Sean, de 13 anos, e Jayden, de 12. A alegação é a de que, durante o mês de agosto, Jamie os teria espancado. As informações foram dadas pelo jornal Daily Mail.

O pai de Britney se tornou o tutor legal não só das crianças, mas da própria artista quando ela sofreu um colapso nervoso amplamente noticiado pela imprensa em 2007. Desde então, ele é quem comanda o destino dos meninos. Uma fonte próxima a Kevin disse ao site TMZ que “ele está seguro em pedir a guarda dos filhos por uma razão muito específica: Ninguém pode cuidar deles agora”.

O apetite de poder de Jamie Spears fez com que, no mesmo mês de agosto, ele registrasse em cartório a intenção da tutelagem legal sobre Britney em outros nove estados norte americanos: Alabama, Arizona, Distrito de Columbia, Geórgia, Massachusetts, Michigan, Mississippi, Tennessee e Virgínia. Isso aumentaria o alcance de seu comando nos destinos da filha famosa.

Os documentos preparados pela equipe de Britney afirmam que  ela “pretende registrar as Ordens indicando o Sr. Spears como Conservador da Pessoa e do Patrimônio, bem como suas Cartas de Conservação, com estados fora da Califórnia, de acordo com cada um dos procedimentos exigidos pelos estados”, segundo o jornal teve acesso. Na prática, isso impediria que qualquer outra pessoa pudesse registrar sua própria tutela nos estados citados, e com isso ter controle sobre as finanças e a carreira da Britney e de seus filhos.

“Jamie quer afastar as pessoas, principalmente o ex-agente da cantora, Sam Lufti, e sua mãe, Lynne Spears, além de evitar que eles tentem pedir uma tutela em outros estados e fiquem no comando das finanças da cantora novamente”, disse uma fonte próxima ao caso, também ao site TMZ.

ATUALIZAÇÃO: Na tarde desta sexta-feira, a imprensa internacional tomou conhecimento do pedido de Jamie Spears, pai de Britney Spears, para deixar de ser o tutor legal da performer.

No entanto, essa medida não seria definitiva. Jamie está passando por problemas de saúde e solicitou a licença temporária de suas funções como tutor legal da carreira e da vida de Britney.

Para ocupar o seu lugar enquanto está se tratando, Jamie indicou Jodi Montgomery até o dia 20 de janeiro. Até o momento, nenhum veículo oficial do staff de Britney ou de seus responsáveis se pronunciou a respeito.

Comentários