Carolinie Figueiredo faz desabafo tocante na web: “Tenho medo de ser esquecida”

Carolinie Figueiredo falou sobre a pressão de gerar conteúdo o tempo inteiro – Foto: Reprodução/ Instagram

Ex-atriz de Malhação, Carolinie Figueiredo usou sua página no Instagram, na madrugada desta quarta-feira (27/06), para fazer uma espécie de desabafo.

Na rede social, a artista contou que se sente “pressionada a gerar conteúdo” o tempo inteiro, e que tem “medo de ser esquecida” se parar de produzir para se dedicar a outras atividades.

“Ando recolhida, reflexiva e a pressão por gerar conteúdo é tão grande que tenho medo de ser esquecida quando chego em lugares de vazios e pausas”, escreveu.

“Eu continuarei sendo vista quando eu tiver em suspensão, imersa em processos? Diga sim se você quer continuar recebendo meus posts porque a sensação é que vou sumir aqui, no silêncio. Diga que você me vê mesmo nesses momentos que estou desviando o foco de mim”, continuou.

“Diga também se tudo bem seu corpo ser assim como ele é. Lua cheia chegando e eu aqui expandindo de dentro pra fora”, completou.

“A maternidade não foi o que eu esperava”

Acostumada a debater assuntos relacionados à família e ao bem-estar em suas páginas nas redes sociais, Carolinie sou o espaço recentemente para falar sobre a maternidade.

Mãe de Bruna, de 6 anos, e de Theo, de 4 anos, a atriz contou que a chegada dos filhos mudou suas prioridades.

Carolinie Figueiredo com os filhos Bruna, de 6 anos, e de Theo, de 4 anos – Foto: Reprodução/ Instagram

“Foi doloroso assumir a maternidade aos 21 e aos 23 anos e ver que era bem diferente do que eu imaginava. Esse ano abracei mais uma morte importante: a morte da atriz”, contou.

“Talvez eu nunca deixe de ser atriz, é o rótulo/ ocupação mais antigo que tenho. Acontece que desde que meu segundo filho nasceu, ser atriz não é mais minha ocupação principal, não é mais como eu pago minhas contas”, explicou.

No texto, Carolinie diz que colocava todas as outras ocupações em segundo plano por causa da profissão, e que ser atriz era uma lugar de esforço:

“Ser atriz era um lugar de esforço, de lutar pra ser reconhecida e implorar pra ser aceita. Minhas novas ocupações [de educadora parental] vem no fluxo, no despertar de outras mulheres que estão na mesma busca que eu. Aos 29 começo a abraçar e acolher essa que agora sou”, escreveu.

“Deixar essa morte acontecer não significa que não vá mais atuar, porque o ser artista/ ciativa/criadora vai estar em mim pra sempre. Mas a idealização de carreira, a associação de sucesso e abundância financeiro ligado a minha carreira de atriz, isso precisa morrer”, completou.

Carolinie Figueiredo interpretou a personagem Domingas nas temporadas 15, 16 e 17 de Malhação. Ela também fez Ti Ti Ti (2010) e Sangue Bom (2013).

LEIA MAIS:

Rayanne Morais defende atriz de Malhação
Juliana Knust mostra tratamento capilar
Kim Kardashian volta a quebrar a web
Gracyanne posa de lingerie em clique ousado
Modelo chamada de gorda e desabafa
Winnie Harlow posa de topless no Caribe

Veja mais notícias de Famosos.

Comentários