Lais Ribeiro relembra episódio de assédio na Victoria’s Secret: “Me pegou forte e tentou me beijar”

Lais Ribeiro ajudou modelos iniciantes a denunciar assédio de fotógrafo – Foto: Reprodução/ Instagram

Aos 27 anos, a piauiense Lais Ribeiro é uma das modelos mais requisitadas da Victoria’s Secret.

Após modelar para grifes como Tom Ford, Balmain, Chanel e Louis Vuitton, a brasileira foi oficializada Angel – se tornou exclusiva da marca norte-americana – em 2015.

Até conseguir seu lugar ao sol, a brasileira passou por poucas e boas, como o assedio sexual que sofreu dentro da própria Victoria’s Secret:

“Aconteceu [o assédio] dentro da própria Victoria’s Secret. Estávamos numa festa em St. Barth, Caribe, depois de um ensaio de moda praia. Um dos fotógrafos veio me abraçar, achei que estava bêbado. Na sequência, me pegou mais forte e tentou me beijar. Empurrei-o na mesma hora”, lembrou.

Ao site da revista Marie Claire, Lais contou que o fotógrafo em questão é o francês David Bellemere, e que ele continuou a trabalhar para a marca por mais tempo, mesmo após ter denunciado seu comportamento inaceitável.

Como forma de protesto, Lais se negou a fotografar com o profissional: “Perdi muito trabalho por causa disso”, explicou.

Experiente nas passarelas e nos imbróglios dos bastidores da moda, Lais contou que algumas modelos mais novas começaram a procura-la para contar que também estavam sendo assediadas por David.

Em 2017, Lais Ribeiro desfilou com o milionário Fantasy Bra –

“Depois, as modelos mais novas começaram a me procurar para contar outros absurdos sobre o David. Tecia comentários machistas durante as fotos, falava do peito, da bunda. Foi a gota d’água. Era uma veterana lá dentro e elas buscavam sempre apoio em mim. Relatei o ocorrido na mesma hora”, revelou.

Após mais denúncias, David Bellemere acabou sendo afastado do trabalho com a grife em fevereiro deste ano. Aos jornais, o francês negou todas as acusações. Em comunicado, a Victoria Secret’s prometeu investigar todas as alegações:

“Nós somos uma empresa que celebra e que serve a mulher, então, um comportamento como este não poderia ser mais contrário ao que somos. Nós não toleramos assédio, não importa qual seja. Nós vamos investigar as alegações e finalizar o contrato com todos os colaboradores – incluindo fotógrafos freelance – que tiveram comportamentos inapropriados”, diz o texto.

LEIA MAIS:

Fábio Jr. comenta ousadia de Cleo
Assunção deleta foto com Maria Ribeiro
Caco Ciocler mostra a netinha no balde

Veja mais notícias de Famosos.

Comentários